Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Acasos felizes

por Magda L Pais, em 30.09.16

Acasos Felizes de Jill Mansell

Editado em 2013 por Edições Chá das Cinco
ISBN: 9789897100734

Lido em 2015

Sinopse
Lottie não consegue acreditar no que lhe está a acontecer. Quando se é adolescente e se está apaixonada por um rapaz completamente inadequado, espera-se que os pais levantem objecções.
Mas Lottie já está na casa dos trinta, é uma mulher feita, e nunca imaginou que os filhos lhe pudessem fazer a vida negra por causa do seu novo namorado. Pois é, para eles, Tyler é o diabo em pessoa.
O que há de ela fazer? Estará autorizada apenas a namorar homens que tenham a aprovação deles? Não terá já preocupações suficientes com o irresponsável do ex-marido a aprontar das suas? E, para piorar as coisas, entra em cena Seb, um homem charmoso que disputa as suas afeições e que as crianças adoram. Os sarilhos e toda uma série de acasos não parecem ter fim. Conseguirá o verdadeiro amor encontrar um caminho para o coração de Lottie?

A minha opinião
Depois de Misery e de Mil Sóis Resplandecentes, estava a precisar duma leitura mais leve, que me divertisse e que me deixasse bem disposta. Pedi à minha filha que escolhesse, no meio dos livros que trouxemos para férias, o livro seguinte a ler e ela escolheu este, Acasos Felizes. E que feliz acaso que foi.
Um livro que, na segunda ou terceira página nos diz o que os pais pensam mas não dizem terá, seguramente, de ser um livro bem disposto da primeira à última página. E este é exactamente isso. Se vos contar que, na paragem de autocarro, enquanto o lia, me ria à gargalhada e que tive de tirar os óculos para limpar as lágrimas, podem não acreditar mas é a mais pura das verdades.
Freddie, o patrão de Lottie, está a morrer com um tumor cerebral e resolve, por isso, vender o hotel que lhe pertence. Tyler, filho duns clientes do hotel, querendo fugir de Wall Street, compra o Hotel (os pais insistem bastante para que ele o faça para que possam deixar de gastar dinheiro nas férias...). Lottie e Tyler conhecem-se em estranhas circunstâncias. Os filhos de Lottie, quando o conhecem, ficam a odiá-lo ao ponto do pai se oferecer para os ensinar a fazer vudu... Mas aparece Seb, que é charmoso e divertido e que conquista os filhos dela.
Mário, o ex marido de Lottie e namorado de Amber, tem muita dificuldade em resistir a um rabo de saia. Não o fez enquanto era casado com Lottie mas agora que namora com Amber, tenta fazê-lo sendo que Lottie é a primeira a exigir-lhe que ele se porte bem com Amber porque é uma boa amiga dela e porque trata bem os filhos de ambos.
Cressilda conhece Tom quando este precisa, urgentemente, dum postal de feliz aniversário para enviar à mãe. Vivem em cidades diferentes, a algumas horas de distância e tem dificuldade em se voltar a ver, apesar dos esforços que Jojo, filha do ex marido de Cressilda e de Sarah e Donny, o filho de Tom, fazem para os juntar.
Já tinha lido um ou dois livros de Jill Mansell e a sensação final é a mesma. Umas horas bem passadas, que nos divertem, que nos fazem esquecer o que se passa à volta (sim, foi por causa deste livro que a família enlouqueceu para me chamar) e que valem a pena.

 

********

Vamos alimentar uma biblioteca?

E não se esqueçam de participar nos dois passatempos em curso - passatempo Órfão X e Passatempo solidário Pilar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vamos alimentar uma biblioteca?

por Magda L Pais, em 29.09.16

Madeira_Sunset_005.jpg

Esta localidade é Fajã de Ovelha, que fica na Calheta, na Ilha da Madeira. Não sei se sabem mas, para além dos livros, sou também uma apaixonada pela ilha da Madeira.

E foi de lá que recebi este email:

Moro numa zona rural da madeira onde as pessoas não têm grande tempo para leituras e muito menos dinheiro para aquisição dos mesmos.
Com esforço formei um grupo de leitura e empresto os que tenho depois cada um fala do livro que leu ou está a ler.
Como neste momento estou desempregada não me posso dar ao luxo de comprar livros e pensei que talvez nos pudesses oferecer alguns ou até falar com alguns conhecidos que nos possam oferecer.

A zona tal como disse é rural, chama-se Faja da Ovelha e fica no concelho da Calheta. a freguesia tem se cerca de 700 pessoas em que 80% são idosos, porque os mais novos imigram devido á falta de emprego. No inverno o grupo tem cerca de 8/9 pessoas no verão não aparecem mais de 3, pois andam na agricultura até ao anoitecer. 

Onde se junte um leitor e um livro, nasce uma biblioteca. E cada um de nós pode ajudar a alimentá-la. Basta que se pegue num livro - novo, ou que já não se quer, porque já leram, ou porque está repetido (e sim, isto já me aconteceu) ou porque já não pensam ler - e oferecer esse(s) livro(s) para o grupo de leitores da Fajã de Ovelha. Aos poucos, livro a livro, a biblioteca local irá crescer e o gosto pela leitura aumentará certamente.

Da minha parte vou escolher dois ou três e enviar para lá. Quem quiser fazer o mesmo basta que me contacte por email (magda.pais@gmail.com) que eu darei a morada para envio.

Conto convosco?

 

Update: se quiserem enviar directamente para a Junta de Freguesia também o podem fazer. Esta é a morada: 

Junta de freguesia da Fajã da Ovelha 
A/C: Elisabete Lourenço 
Caminho de S. Lourenço,151
9370-362 Fajã da Ovelha

********

Não se esqueçam de participar nos dois passatempos em curso - passatempo Órfão X e Passatempo solidário Pilar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Passatempo Órfão X

por Magda L Pais, em 28.09.16

Órfão X foi devorado em pouco mais de 72 horas. Um thriller intenso que nos prende da primeira à última página.

Em parceria com a Saída de Emergência há um Órfão X à tua espera. As regras são simples:

  1. Ser fã da página do facebook do blog
  2. Ser fã da página do facebook da editora Saída de Emergência
  3. Preencher o formulário abaixo

O passatempo decorre até ao último dia de Outubro de 2016 e só está disponível para residentes em Portugal.

E então, que esperam?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Órfão X

por Magda L Pais, em 27.09.16

30899750.jpg

Órfão X de Gregg Hurwitz

Evan Smoak - volume I
Editado em 2016 pela Saída de Emergência
ISBN: 9789896379766

Sinopse
Um thriller moderno ao melhor estilo dos livros de Bourne Identity.

O Homem Mistério é uma figura lendária cujo nome é sussurrado pela calada. Diz-se que quando os mais desesperados recorrem a ele, o Homem Mistério fará tudo para os proteger e salvar. Mas ele não é nenhuma lenda.
Evan Smoak é um homem de imensas capacidades, empenhado numa missão pessoal de ajudar quem já não tem para onde se virar. É também um homem com um passado perigoso. Foi escolhido em criança para fazer parte do programa Órfão X, um programa especial de treino destinado a criar assassinos perfeitos. Ele era o Órfão X, mas Evan usou tudo o que aprendeu para desaparecer do mapa.
Agora alguém lhe move uma perseguição. Alguém com os mesmos talentos e treino que Evan. E que irá explorar de forma implacável o ponto fraco de Evan – o seu próprio trabalho como Homem Mistério – para o encontrar e eliminar. Conseguirá ele enfrentar os seus adversários e recuperar a sua vida?

A minha opinião

Tiveram de me chamar duas vezes para ir levar uma injecção. E mais do que uma vez para a fisioterapia. Cheguei a casa e disse - desculpem, vou ali acabar este livro e já falamos. E o culpado? Órfão X. O primeiro duma série que, a avaliar por este primeiro volume, será de acompanhar da primeira à última linha.

Órfão X não nos dá um momento de pausa. Os acontecimentos sucedem-se a uma velocidade vertiginosa, com voltas e reviravoltas (da primeira à ultima página, literalmente), impróprio para cardíacos ou para quem queira um livro relaxante (creio que, a determinada altura, até olhei por cima do ombro para ver se estava tudo tranquilo por aqui).

Evan é o Órfão X, treinado para ser o melhor entre os melhores assassinos. Mas quando o programa que o treinou é cancelado por causa duma fuga de informação, Evan opta por colocar os seus atributos ao serviço dos mais desesperados, de pessoas para quem a esperança já morreu. Até que um dia descobre que há mais como ele. E que o querem matar. A todo o custo.

Um thriller com sabor adocicado, contribuindo (e bem) para isso Peter e a sua mãe, Mia. Quem pode sobreviver sem um pouco de amor e de doçura? Evan achava que sim, mas percebe, com Peter e Mia, que afinal é preciso mais do que ser quase um autómato.

Mais uma vez, a minha aposta em autores que desconheço volta a compensar. Sai, mais uma vez da minha zona de conforto, de autores que conheço e gosto para ser agradavelmente surpreendida. Depois deste primeiro volume, espero ansiosamente pelo segundo volume, até porque o epílogo deste primeiro livro me deixou com imensa vontade de ir já a correr comprar o seguimento. Parece é que ainda não está à venda o que pode dificultar...

 

Leia aqui as primeiras páginas

*********

Já participaram no Passatempo solidário Pilar #1?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viver sem ti

por Magda L Pais, em 26.09.16

31624654.jpg

 

Viver sem ti de Jojo Moyes
ISBN: 978-972-0-04885-1

Editado em 2016 pela Porto Editora

Sinopse

Como seguir em frente depois de se perder a pessoa amada?
Como construir uma vida que valha a pena ser vivida?

Louisa Clark já não é uma jovem banal a viver uma vida banal. O tempo que passou com Will Traynor transformou-a, sendo agora uma pessoa diferente que tem de enfrentar a vida sem ele. Quando um insólito acidente obriga Lou a regressar a casa dos pais, é impossível não sentir que está de volta ao ponto de partida.

Lou sabe que precisa de um empurrão que a traga de novo à vida. E é assim que acaba por ir parar ao grupo de apoio Seguir em Frente, cujos membros partilham sentimentos, alegrias, frustrações e bolos intragáveis. Serão também eles que a levarão até Sam Fielding - um paramédico que trabalha entre a vida e a morte, e o único homem que talvez seja capaz de a compreender. Mas eis que uma personagem do passado de Will surge de repente e lhe altera todos os planos, lançando-a num futuro muito diferente…. Para Lou Clark, a vida depois de Will Traynor significa reaprender a apaixonar-se, com todos os riscos que isso implica.

Em Viver Sem Ti, Jojo Moyes traz-nos duas famílias, tão reais como a nossa, cujas alegrias e tristezas nos tocarão profundamente ao longo de uma história feita de surpresas.

A minha opinião

Viver depois de ti foi um dos melhores livros que li este ano, acima de tudo por me obrigar a reflectir sobre um tema bastante polémico, o suicídio assistido. Sem dúvida, é um livro intenso, doloroso e sem um final feliz. Pelo menos para Lou, que reencontramos em Viver sem ti.

Confesso que, apesar de ter gostado imenso de ler este livro (tanto que não me deitei enquanto não o acabei), acho-o menos intenso e, talvez, menos bom que o primeiro. Talvez porque o tema tratado agora é mais suave, menos polémico: como se sobrevive à morte de quem se amou?

Com algumas surpresas pelo meio - a personagem do passado de Will que aparece na vida de Lou é a grande surpresa (seria também para o próprio Will mas não avancemos demasiado nesse tema) e acaba por obrigar Lou a alterar a sua forma de pensar:

voltar a amar não é trair Will mas sim seguir em frente

O que, aliás, é uma excelente forma de pensar. 

Li algures em várias criticas a este livro que só foi escrito para satisfazer os fãs. Creio, na minha opinião, que este livro era necessário porque mostra que é possível sobreviver à morte de quem amamos - seja um marido\namorado, uma mãe ou uma irmã (e quem tiver lido o livro irá perceber esta escolha). Não é um processo fácil mas é um processo possível, assim se queira.

Fica em aberto o final. Desconfio que teremos um terceiro livro, que, ai sim, me assusta um pouco porque, como disse mais acima, este segundo livro é menos intenso e menos bom que o primeiro. Será que o terceiro irá superar o segundo ou irá desiludir? aguardemos, calma e serenamente e, entretanto, quem não leu, que leia este Viver Sem Ti.

 

 

Leia aqui as primeiras páginas

*********
Já participaram no Passatempo solidário Pilar #1?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.