Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Filha do Pântano

por Magda L Pais, em 03.11.17

 36118030.jpg

A Filha do Pântano de Karen Dionne

ISBN: 9788491391340

Editado em 2017 pela Harper Collins

Sinopse

Finalmente, Helena tem a vida que merece. Um marido dedicado, duas filhas lindas, um negócio que preenche os seus dias. Mas, quando um presidiário se evade violentamente de uma prisão vizinha, apercebe-se de que foi ingénua ao pensar que poderia deixar para trás os seus piores momentos. Helena tem um segredo: é o resultado de um rapto. O seu pai sequestrou a sua mãe quando esta era adolescente e manteve-a em cativeiro numa cabana remota nos pântanos da Península Superior do Michigan. Sem electricidade, sem aquecimento, sem água canalizada, Helena, nascida dois anos depois do rapto, adorava a sua infância. E, apesar do comportamento por vezes brutal do pai, amava-o... até descobrir exactamente até que ponto uma pessoa podia ser selvagem.

Vinte anos depois, enterrou o passado tão profundamente que nem sequer o marido sabe a verdade. Mas, agora, o seu pai matou dois guardas prisionais e desapareceu num pântano que conhece melhor do que ninguém. A polícia começa a caça ao homem, mas Helena sabe que os agentes não têm qualquer hipótese de o apanhar. Sabe que há apenas uma pessoa que conta com as estratégias necessárias para encontrar alguém preparado para sobreviver a uma catástrofe e a quem o mundo chama «o rei do pântano»... porque há apenas uma pessoa que ele próprio treinou: a sua filha.

A minha opinião

Tenho alguma dificuldade - eu, que sou uma fala barato - em dizer alguma coisa de jeito sobre este livro que mexeu comigo na qualidade de mãe, filha ou mulher. Este é um livro intenso - pouco mais de 24 horas em cerca de 320 páginas, lidas quase de uma penada. Comecei ontem de manhã, acabei hoje ao almoço. Violei a minha regra sagrada de não ler depois de jantar para evitar ficar agarrada ao livro até o acabar. Este é um dos poucos livros que me fez quebrar essa regra com quase 20 anos de existência.

A intensidade deste livro não se mede apenas pelo presente - quando o pai de Helena foge da cadeia e Helena tem de o caçar para não ser, ela própria, a caça. Mede-se também pelas pesadas recordações duma infância diferente, e de um despertar de consciência, quando Helena se apercebe que a sua situação familiar é atípica e fruto dum pai violento e duma mãe forçada.

A Filha do Pântano é também um livro sobre sobrevivência, sobre violência - física e psicológica - sem ser demasiado gráfica, que nos mostra o pior que um ser humano é capaz de fazer a outro, ainda que em nome do amor.

É Helena que narra este livro, a história dela e do pai - porque a história da mãe é dela própria - o que nos ajuda a entrar na mente da personagem, acompanhando as suas dúvidas, o seu crescimento, as dificuldades que teve na integração da sociedade após sair do pântano, enquanto vamos, também, tentando caçar Jacob, o perigoso prisioneiro que é também o pai que Helena amou na infância, que ainda ama, e que, ao mesmo tempo, odeia por tudo o que descobriu que o seu pai fez.

A Filha do Pântano é um livro negro - mas em bom. Em muito bom. Um livro que não se larga sem chegar ao fim, que nos deixa a pensar muito para lá da leitura. Em bom. Em muito bom. 

 

Classificação:

(este livro foi-me oferecido pela Harper Collins em troca duma opinião honesta e sincera)

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De Sofia a 03.11.2017 às 21:28

Magda, tens de me empretar este livro!

De Magda L Pais a 03.11.2017 às 21:31

😂😂😂😂
Manda a morada por email please

De Sofia a 03.11.2017 às 21:45

O livro é grande ou és literalmente uma devoradora?
Estou a ler a Sombra do vento e depois tenho o para ler o que a Mula me emprestou, não precisas de mandar já.
Vou enviar email.

De Magda L Pais a 04.11.2017 às 21:52

não é muito grande e lê-se muito bem. Manda assim que puderes que na terça vou aos correios e mando

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.