Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Luz

por Magda L Pais, em 02.10.16

6401843.jpg

A Luz (The Shining) de Stephen King

Editado em 2009 pela Sábado

Sinopse

Jack Torrance vê-se forçado a aceitar um trabalho como zelador de Inverno do Overlook, um enorme hotel nas montanhas do Colorado, um lugar que queda absolutamente isolado pela neve entre Novembro e Março. Embora a vida nessas condições de isolamento não pareça fácil, para Jack é uma oportunidade perfeita para reconquistar a sua mulher Wendy e o seu filho Danny, e para retomar o seu trabalho de escritor. Mas a família não está exactamente sozinha no Overlook. Os terríveis acontecimentos que sucederam no hotel no passado vão-se assenhorando lentamente do presente dos seus novos ocupantes até os levar a uma situação aterradora, da qual talvez nenhum deles possa escapar...

A minha opinião

Desta feita e no âmbito do Livro Secreto coube-me este livro que acabou por funcionar como a minha reconciliação com Stephen King com quem me desiludi depois da leitura d'O Pistoleiro.

Tenho de confessar que nunca vi o filme The Shining e, portanto, estava completamente às escuras em relação ao livro e à história. Claro que já vi imagens soltas (quem não viu?) mas, de resto, a luz estava completamente apagada. Ao contrário da luz de Danny que estava bem acesa.

(num aparte, no outro dia, nas urgências do hospital, estava lá um doente que parecia mesmo o Jack Nicholson neste filme. Disfarçadamente afastei-me antes que esse doente fosse buscar um machado...)

Voltando ao livro, terei de vos aconselhar a não ler este livro numa noite de temporal, e muito menos se estiverem sozinhos em casa. Aconteceu-me, muitas vezes, olhar em volta e tentar perceber se estava tudo bem. Ou se não estava por ai uma entidade qualquer que me quisesse levar sabe-se lá para onde. É assim este livro, chegamos a um momento em que duvidamos se estamos seguros.

Essa terá sido uma das razões pela qual demorei mais que o previsto a ler este livro. Em alguns momentos tive de interromper a leitura porque comecei a ouvir barulhos estranhos. Ou pelo menos foi isso que me pareceu. Na dúvida... pousei o livro, olhei em volta, vi um pouco de televisão e depois voltei a ler. Claro que era só o meu cérebro a pregar-me partidas mas a verdade é que essas partidas foram influenciadas pelo livro. E isso é tão, mas tão bom!

********

Vamos alimentar uma biblioteca?

E não se esqueçam de participar nos dois passatempos em curso - passatempo Órfão X e Passatempo solidário Pilar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

De Psicogata a 03.10.2016 às 15:21

Aconteceu-me o mesmo, parava para olhar em redor, é verdadeiramente assustador. Mas gostei muito.

De Magda L Pais a 03.10.2016 às 15:23

Ah pronto. Ainda bem que não fui a única. Ehehehe


Acho isso ainda torna o livro melhor 

De Psicogata a 03.10.2016 às 15:30

Sem dúvida, torna-o muito melhor.

De Magda L Pais a 03.10.2016 às 15:31

Fiquei muito bem impressionada com este livro. Mas sem vontade de ver o filme

De Psicogata a 03.10.2016 às 15:33

Depois do livro também não tive vontade de ver o filme :)

De Magda L Pais a 03.10.2016 às 15:38

Ahahaha pronto. Sinto-me bastante melhor por não ser a única 

De Isaura Pereira a 06.10.2016 às 13:42

Olá!
Nunca li nada deste autor porque não sou muito dada ao género terror, mas falam muito bem.
Beijinhos e boas leituras

De Magda L Pais a 07.10.2016 às 20:07

se não gostas de livros de terror, este não é aconselhável. Mas podes sempre ler o Misery que não é de terror e também é muito bom

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.