Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A montanha entre nós

por Magda L Pais, em 25.01.18

9674084.jpg

A montanha entre nós de Charles Martin

ISBN: 978-972-0-04102-9

Editado em 2017 pela Porto Editora, S.A.

Sinopse

Ben é um médico cirurgião e Ashley é uma atraente e simpática jornalista que está a poucos dias do seu casamento. Conhecem-se na sala de embarque de um aeroporto, enquanto esperam pelo seu voo, atrasado devido ao mau tempo. Quando a viagem é cancelada, Ben aluga um avião particular para poderem regressar a casa.

Durante a viagem o impensável acontece: o avião cai numa zona isolada e gelada no meio do nada.

Ben e Ashley sobrevivem ao acidente. Sozinhos e feridos, têm de lutar contra as adversidades e as temperaturas negativas daquele lugar inóspito.

A luta pela sobrevivência vai despertar neles os sentimentos mais sinceros e levá-los a questionar o rumo das suas vidas até então. Será que conseguem sobreviver? E se conseguirem, até que ponto esta experiência mudará os seus destinos?

A minha opinião

Andava meio arredada das leituras. Não por falta de vontade mas porque mudar de casa é coisa para nos tirar a vontade de fazer o que mais gostamos, principalmente quando tanta coisa corre mal.

Agora que já estou na casa nova, peguei neste livro e que bem que me soube ler. Não só pela leitura em si mas também pelo próprio livro, com uma história de nos deixar arrepiados e a pensar nas nossas próprias escolhas e no que faríamos nas mesmas circunstâncias (e mesmo nas últimas páginas do livro, o maior dilema e a maior dúvida: faríamos como Rachel?)

A Montanha Entre Nós é um livro avassalador, que nos agarra da primeira à última página. Que nos arrefece a alma e que nos transporta pela montanha, que nos surpreende da primeira à última página, ao último momento e à surpresa final que é totalmente inesperada. Algures entre um romance e um manual de sobrevivência, este é um livro que deve ser lido pelos românticos incuráveis e por aqueles que acham que o amor é coisa de livros.

É também um livro dramático, com pitadas de humor que nos fazem sorrir. Que nos mostra que o sorriso é parte importante na superação das dificuldades, sejam elas do dia a dia ou mais complicadas. E que prova que um cão é sempre uma boa ajuda (quem ler o livro vai perceber).

Não sei se irei ver o filme. Este é daqueles livros que, muito provavelmente, se perde pela adaptação (tenho sempre este medo e raramente sou surpreendida pela positiva neste aspecto).

Em suma... se ainda não leram este livro, façam a vocês próprios o favor de o ler e depois venham cá contar como foi.

(leia aqui as primeiras páginas)

Classificação:

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De The Daily Miacis a 25.01.2018 às 21:33

Ai mudar casa... eu estou lixada porque quero arrumar os livros no sitio e não posso ainda! Era para ser depois do Natal, depois há duas semanas, depois esta, agora já só para a semana. Já nem sei.

De Magda L Pais a 25.01.2018 às 22:50

Ai os livros... tiveram de ser arrumados à balda que não havia tempo para os arrumar como gosto

De Mula a 26.01.2018 às 00:14

Espero que essa mudança esteja a correr bem!
Eu vi o filme e gostei muito - mas claro está, não li o livro - e apesar de achar que a história base de repente foi assaltada por um romance, gostei bastante.

De Magda L Pais a 26.01.2018 às 06:52

Quando quiseres ler o livro é só pedires. Agora já sei onde andam os livros ahahhahah

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.