Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Brunch com Brandon Sanderson

por Magda L Pais, em 09.11.16

Não é segredo para quem lê este blog e quem me conhece que um dos meus géneros literários preferido é a fantasia. Anne Bishop é, para mim, o expoente máximo desse género tão mal compreendido por muitos (já faltou pouco para ouvir dizer que ler fantasia não é ler literatura, como se tal fosse possível).

Adiante.

Por ter Anne Bishop como referência, quando leio outros autores, a comparação é inevitável. Serão melhores? piores? assim assim? mais valia dedicarem-se à pesca? Sinceramente as apostas que tenho feito em novos escritores não tem corrido mal. Não são Anne Bishop mas também não se deviam dedicar à pesca, podendo continuar a escrever e a entreter-me.

Até que li O Império Final de Brandon Sanderson. Vi o pack dos dois primeiros volumes da saga Mistborn à venda numa livraria, peguei, gostei do preço, da avaliação no Goodreads e comprei. E li. Ou melhor, devorei o primeiro livro. Pela primeira vez, senti que, não sendo melhor que Anne Bishop, é quase quase igual. Foi uma sensação extraordinária, esta de sentir que o lugar de escritor favorito está ameaçado por um seu igual.

Confesso, aqui, que não peguei ainda no segundo volume da saga mas já comprei os outros dois volumes para depois ler tudo de seguida. Ainda por cima as capas são lindíssimas.

capas.jpg

Estou, oficialmente, encantada com a escrita de Brandon Sanderson, o autor desta saga que ameaça a saga Os Outros de Anne Bishop que é, para mim, a melhor saga de fantasia que já li.

Adorei, por isso, saber que a Saída de Emergência ia trazer Brandon Sanderson a Lisboa. Um autor que adoro aqui mesmo ao pé? Momento UAU, seguramente. Mas a esse momento UAU seguiu-se um momento UAUAU. Fui convidada, pela editora, para conhecer o autor num brunch ontem de manhã.

Tenho, confesso, muita pena de não treinar mais o meu inglês e, por isso, acabei por falar pouco com o autor. Mas gostei tanto mas tanto de o ouvir falar sobre os seus livros, o processo criativo, as personagens (já vos disse que adoro o Sazed?) e até ficar a saber que a sua personagem favorita do Harry Potter é o Snape.

Para além disso... pude tirar uma foto com o Brandon

dois.jpg

E ter os meus quatro livros autografados

império.jpg

dois poço ascensão.jpg

heroi das eras2.jpg

heroi das eras3.jpg

Por fim, para que roam ainda mais de inveja, a foto de grupo

foto grupo (1).jpg

Em suma, apesar da má notícia desta madrugada, ainda estou com um sorriso na alma por este encontro. O meu primeiro Brunch e o primeiro encontro com um escritor que adoro.

Vou ali continuar a lembrar-me e já volto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

De Me, myself and I a 09.11.2016 às 11:28

Que espectáculo!
Vou juntar mais estes à minha lista!

De Magda L Pais a 09.11.2016 às 11:32

não te vais arrepender

De A rapariga do autocarro a 09.11.2016 às 11:30

Como é que alguém pode não gostar de fantasia?? O meu primeiro contacto com o género foi com A Triologia  - A Teia do Mundo  -  "Os Tecedores de Saramir" de Chris Wooding, fiquei logo fascinada.

De Magda L Pais a 09.11.2016 às 11:33

há quem ache que a fantasia não é literatura e que é só para miudos. São parvos!

De Me, myself and I a 09.11.2016 às 11:31

Qual aconselhas a ler 1.º?

De Magda L Pais a 09.11.2016 às 11:35

tens de ler por ordem, o primeiro é o Império Final, depois o Poço da Ascensão, segue-se o Heroi das Eras 1 e 2

De Maria Araújo a 21.11.2016 às 18:53

Parabéns .
É sempre um privilégio ouvir quem se gosta.

De Magda L Pais a 21.11.2016 às 23:45

é verdade. Gostei imenso por isso ;D por estar a ouvir um autor de quem gosto imenso

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.