Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dois ao mesmo tempo ou um de cada vez?

por Magda L Pais, em 07.02.17

28080_452857284790234_1669087879_n.jpg

Apesar do título ser sujeito a diversas interpretações, a verdade é que estou a falar do tema do costume neste recanto. Ou seja, livros, claro.

Sempre gostei de ler um livro de cada vez. Para mim cada livro é único e merece ser tratado como tal. Faz-me (ou fazia) alguma confusão ouvir por ai que estavam a ler dois, três ou seis livros ao mesmo tempo. E as histórias? As personagens? Não se misturam, não se sentem traídas?

Nunca tive curiosidade em experimentar esta bigamia de livros até ao dia em que cedi à tentação.

O Poço da Ascensão de Brandon Sanderson, com 736 páginas, andava pelas prateleiras à espera das férias. Sempre que acabava um livro olhava para ele com vontade de o ler (é uma das melhores sagas de fantasia que já li, sem dúvida) mas o peso (literal) do livro fazia-me pensar duas vezes. Um dia não resisti. Peguei nele e trouxe-o para o meu local de trabalho. Assim não pesa no ombro e, todos os dias de trabalho, ao almoço, leio algumas páginas.

Ao mesmo tempo, e nas minhas viagens de transportes públicos, fui lendo as Crónicas do Mal de Amor de Elena Ferrante. E agora, porque ainda não acabei O Poço da Ascensão, estou a ler O Plano Infinito de Isabel Allende, último livro secreto do primeiro grupo.

Mentirei se vos dizer que gosto desta situação. Quando estou a ler, à hora de almoço, penso no livro que leio nos transportes públicos. E quando estou a ler nos transportes públicos, penso no livro que me acompanha o almoço. Não me consigo, realmente, habituar a isto.

Creio que só voltarei a passar pelo mesmo quando tiver algum livro maiorzito para ler. Os meus ombros e a coluna certamente que agradecem. Mas prefiro, sem sombra de dúvida, ler um de cada vez.

E vocês? Um de cada vez ou dois ao mesmo tempo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


74 comentários

De Carmen Pereira a 07.02.2017 às 15:10

Eu prefiro ler um de cada vez, mas às vezes acontece perder o interesse pelo que estou a ler e ler outro de enfiada e depois voltar ao primeiro.
E sonhar com as histórias todas misturadas?!

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 15:12

ainda não me aconteceu (sonhar com as histórias misturadas) porque os temas/generos são bastantes diferentes. Mas acho que pode acontecer com muita facilidade.


normalmente quando perco o interesse num livro já lá não volto :)

De Banco de Leitura a 07.02.2017 às 15:57

Antes eu também só lia um de cada vez. Contudo, agora habituei-me a ler dois livros ao mesmo tempo e não estou arrependido, nem vejo nenhum problema ou entrave nisso. Por norma, leio um livro mais "pesado" enquanto vou lendo outro(s) mais "leve(s)" e resulta, penso que não perco nada relativamente a cada um dos enredos, antes pelo contrário, faz-me ficar mais atento e concentrado. 
Penso que está até estudado que é benéfico ler dois, ou mais, livros ao mesmo tempo, pois assim exercitamos mais o nosso cérebro ao este ter de assimilar, separar e relembrar duas (ou mais) leituras diferentes. 
Eu aconselho, mas claro, essa escolha depende de cada pessoa :) É uma questão de experimentar e a pessoa depois logo vê se se adapta ou não ;)

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:39

Também já li estudos que dizem isso mesmo, que ler mais que um livro de cada vez ajuda imenso a exercitar a mente. O problema é que há sempre um que leio menos (porque agora até tenho andado mais de carro do que de transportes) e acabo por ter a sensação que, no geral, não leio tanto como gostaria. é mentira, claro, que o tempo de leitura acaba por ser o mesmo

De Olívia a 07.02.2017 às 16:25

Já fui como tu. Um de cada vez, mas um dia deixei o livro em casa e fiquei muito aborrecida, então peguei noutro que aqui tinha e resolvi o problema. Agora... um é fixo e está em casa. Outro está no trabalho e ainda tenho algumas outras leituras de, por exemplo, um capítulo por dia (coisas mais espirituais). Tem dias em que misturo as histórias quando de carro... e até acho piada!

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:40

a ideia - ter um em cada lado - é excelente e poupa imenso a coluna e o ombro. Sem dúvida. Mas fica-me uma sensação estranha. De traição, de mistura, de histórias que se podem baralhar

De marta-omeucanto a 07.02.2017 às 16:29

De preferência, um de cada vez. 
Mas já cheguei a ler 2 ao mesmo tempo. Quer dizer, não é bem ao mesmo tempo. É mais começar um, mas entretanto chegar outro pelo meio que parece chamar por nós, e virar-me para esse até o acabar, e só depois voltar ao anterior.
Ao mesmo tempo mesmo, penso que só uma vez. E acaba por se tornar confuso.

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:41

Normalmente quando recebo um livro que quero mesmo mesmo ler, pego nele logo que acabo o que tenho em mãos. O problema - agora - é que tenho 3 que quero mesmo mesmo ler e nem sei qual há-de ser a seguir. Mas não me sinto ainda à vontade para repetir a experiencia

De Sara a 07.02.2017 às 16:45

Eu leio vários (às vezes três ou quatro) ao mesmo tempo sem problemas...Ajuda a desanuviar de uma determinada história e a não ficar encravada. Nunca me aconteceu misturar histórias, mas tb tento não conjugar livros com histórias muito semelhantes. 

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:43

Por acaso lembrei-me de ti quando estava a escrever este post porque já tínhamos falado (ou será que já tinha lido no teu blog?) que chegavas a ter dois ou três na mesinha de cabeceira. Admiro-te por isso :) de facto as histórias que tenho lido são diametralmente opostas e, talvez por isso, não me aconteceu mistura-las

De Sara a 08.02.2017 às 00:07

Também tenho a ideia que já falamos sobre isto algures...lol. Sim, serem diferentes é importante: coitado do leitor que tentar ler dois russos ao mesmo!

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 09:06

nem consigo imaginar dois russos ao mesmo tempo. Um já é dose, dois então...

De Sara a 08.02.2017 às 13:53

Eu gosto de autores russos, não são tão difíceis como parece...Isso é mais mito. Usei este exemplo, porque ler dois livros passados no mesmo sítio ou com personagens com nomes semelhantes pode ser muito confuso xD

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 13:57

ahahahahah eu gosto de um autor russo e confesso que não li ainda mais nenhum. Fui buscar mais uns livros a casa dos meus avós esta semana e trouxe mais um ou dois. Ainda me hei-de lançar nessa aventura

De Sara a 08.02.2017 às 14:17

Acho que nunca li nenhum que não tivesse gostado...O pessoal complica demasiado, na minha opinião - nada como partir à descoberta :)

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 14:29

tenho mesmo de o fazer, está visto :)

De Drama Queen a 07.02.2017 às 16:53

Sou daquelas que tem que ler 2 livros ao mesmo tempo. Um tem que ter uma historia bem pesada, com muitas personagens e bom enredo o outro geralmente tem ser leve, poucas personagens, ser fácil e rápido de ler. Apesar de andar com as leituras muito atrasadas porque os 2 livros não me prende a minha atenção de geito nenhum, como isso acontece estou uma verdadeira papa series.

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:45

ahahahahahaha como te entendo. De vez em quando pego em livros que, chego a meio e dá-me vontade de os atirar pela janela. Nessas alturas, normalmente, desisto e pego noutro. Mas olha que é mesmo azar, dois ao mesmo tempo e nenhum interessa?

De Drama Queen a 08.02.2017 às 10:11

Um faz parte de uma colecção de 7 livros, eu estou mal habituada porque cada livro eu já sei o final,imagina a escritora neste caso pegou nos 7 livros com 7 personagens diferentes o enredo anda em volta delas e deu as personagens o mesmo fim... Gosto de ser surpreendida!
Outro é uma historia tipo Margarida Rebelo Pinto mas escrita por um psicólogo qualquer... Não desisto de livros dedico-me as series...

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:28

7 livros com os mesmos finais? isso é estranho... não sei se gostaria de saber, de antemão, o que vai acontecer

De Sandra Wink.Wink a 07.02.2017 às 17:14

Sempre um de cada vez, já tentei e não resulta. Fico com uma angustia estranha se vou ler outro.

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:45

olha, é isso mesmo (estou angustiada que estou numa altura critica n'O Poço da Ascensão e não o tenho aqui para ler)

De Maria Araújo a 07.02.2017 às 18:36

Prefiro um de cada vez.
Acontece que, por vezes, não leio todos os dias e quando pego nele(s) , tenho de voltar atrás umas páginas para relembrar o que li.

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:46

pois, isso não me acontece (vários dias sem pegar nos livros) mas percebo o que queres dizer. Há livros que nos obrigam a isso mesmo - a voltar atrás para nos voltarmos a situar. Se lermos dois ao mesmo tempo creio que será mais complicado, não é?

De Maria das Palavras a 07.02.2017 às 19:10

Queimem a bígama!!

(acho que vou ter de fazer isso para ler O Pintassilgo ou a trilogia do Ken Follet que te valeu a tendinite)

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:47

hahaha podem queimar que até tá mais fresco e assim aqueço.

Sim, foi o medo da tendinite que me tornou bigama neste período... 'tou feita

De Marta a 07.02.2017 às 21:11

Também nunca tive sequer a curiosidade de experimentar ler mais que um livro. Acho mesmo que iria acabar por misturar tudo e não aproveitar nenhum dos dois livros realmente. No entanto, é curioso que ainda hoje pensei nisso: estou a ler a saga de Game Of Thrones há algum tempo e adoro, mas apesar de querer muito ler toda a saga seguida, sinto agora alguma falta de ler algo que não seja fantasia. 
Vamos lá ver se também caio na tentação!

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:48

eu li a saga completa mas ia intercalando. Um da saga, outro qualquer, depois outro da saga e a seguir outro. Acho que me iria fartar rapidamente se lesse os dez de seguida.

Comentar post


Pág. 1/4




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.