Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dois ao mesmo tempo ou um de cada vez?

por Magda L Pais, em 07.02.17

28080_452857284790234_1669087879_n.jpg

Apesar do título ser sujeito a diversas interpretações, a verdade é que estou a falar do tema do costume neste recanto. Ou seja, livros, claro.

Sempre gostei de ler um livro de cada vez. Para mim cada livro é único e merece ser tratado como tal. Faz-me (ou fazia) alguma confusão ouvir por ai que estavam a ler dois, três ou seis livros ao mesmo tempo. E as histórias? As personagens? Não se misturam, não se sentem traídas?

Nunca tive curiosidade em experimentar esta bigamia de livros até ao dia em que cedi à tentação.

O Poço da Ascensão de Brandon Sanderson, com 736 páginas, andava pelas prateleiras à espera das férias. Sempre que acabava um livro olhava para ele com vontade de o ler (é uma das melhores sagas de fantasia que já li, sem dúvida) mas o peso (literal) do livro fazia-me pensar duas vezes. Um dia não resisti. Peguei nele e trouxe-o para o meu local de trabalho. Assim não pesa no ombro e, todos os dias de trabalho, ao almoço, leio algumas páginas.

Ao mesmo tempo, e nas minhas viagens de transportes públicos, fui lendo as Crónicas do Mal de Amor de Elena Ferrante. E agora, porque ainda não acabei O Poço da Ascensão, estou a ler O Plano Infinito de Isabel Allende, último livro secreto do primeiro grupo.

Mentirei se vos dizer que gosto desta situação. Quando estou a ler, à hora de almoço, penso no livro que leio nos transportes públicos. E quando estou a ler nos transportes públicos, penso no livro que me acompanha o almoço. Não me consigo, realmente, habituar a isto.

Creio que só voltarei a passar pelo mesmo quando tiver algum livro maiorzito para ler. Os meus ombros e a coluna certamente que agradecem. Mas prefiro, sem sombra de dúvida, ler um de cada vez.

E vocês? Um de cada vez ou dois ao mesmo tempo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


74 comentários

De Catarina a 07.02.2017 às 21:40

Normalmente, são dois ao mesmo tempo. Um durante o dia, outro quando vou dormir. Normalmente, durante o dia é um livro leve (até 500 páginas). À noite, são livros mais pesados. Curiosamente, nunca troquei histórias, nem personagens. E até sinto que assim estou mais motivada para ler. Houve alturas em que só andava a ler um livro e o ritmo de leitura (e até mesmo a vontade) era menor.

De Magda L Pais a 07.02.2017 às 22:49

Realmente as pessoas são todas diferentes. Sabes que tenho a sensação (é só sensação, tenho a certeza) que estou a ler menos por estar a ler dois ao mesmo tempo?...

De Mula a 08.02.2017 às 00:40

Preferencialmente um de cada vez.
O que por vezes acontece é que intervalo livros "de histórias" com livros de crónicas. Assim leio uma ou outra crónica, pouso o livro e regresso à "minha" história, às minhas personagens.


Outra coisa que me acontece por vezes é: ler um livro que não me desperta, surge um melhor, pouso o que não me desperta, leio o novo livro e quando me apetecer regresso à leitura anterior. Tenho um do Murakami em pausa há mais de meio ano... -_-' 


Mas uma coisa é certa, não consigo pegar num livro agora, e depois noutro, a não ser - e foi o que aconteceu com a Contadora de Filmes - que o novo livro seja tão pequeno que o leia apenas numa tarde, mas aí é diferente, para quê esperar acabar o atual para ler um livro que o devoro em duas ou três horas? ^_^

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 09:09

Sim, isso acho normal, ler um livro minusculo numa tarde. Fiz isso com os dois últimos que li do Afonso Cruz. Eram tão pequenos que não se justificava estar à espera de acabar os outros. Mas isso nem é ler dois ao mesmo tempo....

De marrocoseodestino a 08.02.2017 às 09:04

Um de cada vez.
Se às vezes tenho de voltar atrás para compreender o seguimento da historia nem quero imaginar como seria ler mais do que um.

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 09:10

E quando tens o problema que eu tive? de quer ler um enormeeeeeeeeeeeee e não podes andar com ele na mala?

De Curly a 08.02.2017 às 09:13

Para mim é um livro de cada vez. Não consigo ler vários livros ao mesmo dia, faz-me imensa confusão. Gosto de pegar num livro e de ler toda a história até ao fim.
Pode ser uma limitação minha e admiro quem lê não sei quantos livros ao mesmo tempo. Mas para mim não dá! :):)

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 09:39

eu sinto-me como tu. Uma história de cada vez para não haver misturas ou confusões :)

De Anaquegostade... a 08.02.2017 às 09:52

Sempre li mais do que um livro ao mesmo tempo. Em cima da mesinha de cabeceira há sempre mais do que um livro. Romances, contos, biografias, cada estilo diferente vai sendo lido consoante o meu estado de espírito ao fim desse dia... sim porque só leio à noite, na cama!!!!
Boas leituras.

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:29

ora temos ai uma grande diferença. A cama é o único sitio onde me recuso a ler (normalmente porque depois esqueço-me de apagar a luz e ir dormir...

De Anaquegostade... a 24.02.2017 às 15:19

Já me aconteceu não conseguir parar e só desligar a luz quando acabei o livro, mas normalmente leio umas tantas páginas e vou dormir... mesmo quando volto de madrugada a casa, lei-o umas páginas, como que a preparar o sono!!! 

De Sandra a 08.02.2017 às 10:07

"E as histórias? As personagens? Não se misturam, não se sentem traídas?"... Isso é o mesmo que baralhar personagens de telenovelas para quem vê mais que uma, ou de séries para quem vê várias ao mesmo tempo. Não acontece. Está cada coisa no seu devido lugar. Subestimamos as capacidades do nosso cérebro. Agora gostar ou não de ler mais que um de cada vez, já depende de pessoa para pessoa. Eu prefiro ler um de cada vez. 

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:30

olha, bem pensado. Não tinha pensado nisso. Eu que vejo imensas séries (não parece mas vejo) nunca me aconteceu misturar enredos..

De Su a 08.02.2017 às 11:27

Olá,

Por acaso, também acho esta questão muito pertinente. Nos dois últimos anos participei em desafios literários e,  portanto, muitas vezes lia um livro para uma das categorias, e, ao mesmo tempo, lá ia lendo um escolhido por mim.
No final do ano passado desisti disto. Não gosto. Não misturava personagens, mas sentia que certos factores mais dramáticos de um livro se perdiam, porque não estava imersa o suficiente nele...
Não há nada como nos mantermos a "monogamia" (aproveitando a tua expressão) na leitura :D (a não ser que interrompamos um livro para ler contos. É diferente...)

bejinhos e boas leituras

Voyage - Páginas de Viagem
(http://http://paginasdeviagem.blogspot.pt/)

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:38

Ainda está uma questão que me leva a não participar em muitos desafios literários (na verdade só participo num, no livro secreto). Tenho imensos livros em casa que quero ler e como me sinto monógama, não conseguiria ler dois ou três ao mesmo tempo.

De Just_Smile a 08.02.2017 às 11:36

Já li dois livros ao mesmo tempo, por uma razão semelhante à tua e prometi a mim mesma que não voltaria a repetir a proeza, simplesmente porque sentia que traía o que lia... Fazia-me confusão :P

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:39

estás como eu. cada vez que pego num deles, acho que estou a trair o outro. Além de achar que estou a ler menos (não é verdade, eu sei, é apenas uma sensação)

De Just_Smile a 08.02.2017 às 11:56

Isso é porque desenvolves menos cada um dos livros que estás a ler...

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 13:58

claro. Na pratica leio o mesmo mas não avanço muito nos livros

De Corvo a 08.02.2017 às 11:43

Olá Magda.
Já uma vez falando de livros tive a oportunidade de dizer o que agora reitero.
Quem lê dois ou mais livros ao mesmo tempo não lê nenhum, nem gosta de ler. Passa-lhes os olhos por cima, normalmente na diagonal, fica sem nada perceber e tão-pouco lhe interessa.
No teu caso é diferente. Tens um livro grande, logo, pesado e como tens oportunidade de ler umas páginas no teu trabalho deslocaste-o para lá.
Quem gosta e lê por prazer lê um de cada vez.
Um excelente dia para ti.

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:48

Sim, lembro-me disso. Aliás, estou agora a lembrar-me que foi precisamente contigo, comigo e com a Sara, numa conversa a três, que se falou e debateu este tema

De Sara a 08.02.2017 às 20:46

O caro corvinho ainda não perdeu a graça, bendito seja ele...

De Fátima Bento a 08.02.2017 às 11:47

Só leio dois de forem completamente diferentes. E com isto quero dizer, um de ficção e um de filosofia, psicologia, etnografia, o que for. Dois romances nunca.
Pois se eu nem gosto de ver dois fimes no mesmo dia, que me parece que as personagensa saltam de um para o outro!

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:51

confesso (mas sei que é problema meu :p) que, para mim, filosofia, psicologia ou etnografia não fazem parte das minhas leituras. Mas sim, percebo-te perfeitamente. assim não há qualquer mistura entre os temas. 

De Corvo a 08.02.2017 às 13:32

Não te sintas triste nem excluída por isso, porque não estás sozinha. Image
Leituras dessas também as excluo do rol

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 13:58

ahahaahahahahah ainda bem :) assim sempre me sinto melhor

Comentar post





Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.