Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Misery

por Magda L Pais, em 11.08.16

image.jpg

Misery de Stephen King

Editado pela Bertrand Editora em 2007

ISBN: 9789722515832

Lido em 2015
 
Sinopse
Paul Sheldon, um escritor famoso de romances cor-de-rosa, acaba de "matar" Misery, a personagem que o celebrizou. Depois de o fazer tem um acidente. Quando acorda, descobre que foi salvo por uma ex-enfermeira, Anne Wilkes, que o leva para sua casa e trata dele. Anne, fanática da heroína de Paul, está furiosa com a morte ficcional de Misery. Sob tortura, obriga Sheldon a escrever um novo livro, um regresso de Misery. Paradoxalmente, este virá a ser o seu melhor livro.
 
A minha opinião
Confesso que foi o primeiro livro que li de Stephen King e nem sequer sabia que tinham feito um filme. Certo, eu sou distraída, não vale a pena baterem-me por causa disso.

Paul Sheldon é um escritor consagrado cujos romances tem, como personagem principal, Misery que ele decide matar no último livro que edita. E mata-a porque a odeia, porque sente que esses romances não são tão bons quanto poderiam ser e que Misery é uma personagem fraca. Só que Annie Wilkes, fã incondicional da série Misery (tanto que tem uma porca com esse nome) não o aceita.

Paul, quando acaba de escrever o seu novo livro (sem Misery), resolve festejar e acaba por ter um acidente de carro. Quando acorda do coma, toma consciência que está em casa de Annie, uma enfermeira reformada que o mantêm preso e que vai tratando dele, ao mesmo tempo que lhe exige que escreva um novo livro com Misery, sendo necessário que Misery seja ressuscitada de forma credível, porque Annie, apesar de louca, não aceita qualquer solução.

Paul é então obrigado a escrever para sobreviver à loucura de Annie, sempre sem saber o que o espera no dia seguinte ou mesmo no minuto a seguir, uma vez que, qualquer contrariedade pode alterar o estado de espirito de Annie. E é às ordens de Annie que Paul escreve aquele que será o melhor (no entender dele) livro da série Misery. Resta saber se Paul sobreviverá para o poder editar e em que condições estará nessa altura.

Sendo que este livro deu aso a um filme de terror, eu vou confessar que nem o achei tão de terror assim, excepto numa parte que envolve um machado e uma perna (e como hoje é dia de confessionário, pelos vistos, confesso ainda que esta parte tive de saltar ou ia direitinha ter com a minha amiga sanita para vomitar). Suspense sim, muito, até porque Sheldon passa, literalmente, as passinhas do Algarve, com Annie.

Não direi que é o melhor livro de sempre, mas direi que é um excelente livro de estreia para quem, como eu, não conhecia Stephen King. Não foram poucas as vezes em que, ao almoço, me distrai com o livro e cheguei mais tarde ao trabalho. E ontem, quando estava na recta final, optei por sair mais tarde para ir para a praia para não ter de interromper a leitura.

Se não o leram ainda, não percam mais tempo. Não sabem o que estarão a perder se não o lerem.

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

De Sandra a 11.08.2016 às 16:05

Também nunca li nada de King e foi precisamente este que veio morar cá para casa a semana passada :) Quero imenso lê-lo e com a tua opinião já vi que vou gostar.  Mas acho que vou guardá-lo para depois das férias. 

De Magda L Pais a 11.08.2016 às 16:13

este é um excelente livro para começar a leitura deste autor, sem dúvida. Foi também a minha estreia

De Psicogata a 11.08.2016 às 17:53

Li o livro "A Luz" e gostei muito, colei e não foram poucas as vezes que deu saltos na cadeira :)

De Magda L Pais a 11.08.2016 às 19:44

esse ainda não li. Mas parece-me que vou ler em breve

De Psicogata a 12.08.2016 às 09:43

Acho que sim ;)

De Nathy ღ a 11.08.2016 às 18:46

Opahhh tenho esse livro na cabeça a algum tempo. Tu ja falaste dele,  Maria das palavras também. Mas aqui a cagufas não se decide...  É que terror não é a minha praia,  sou menina para assustar me  a valer.
A curiosidade cá anda... 

De Magda L Pais a 11.08.2016 às 19:45

mas este livro, tirando uma determinada cena, não tem nada de terror. De suspense sim, terror não

De Nathy ღ a 11.08.2016 às 19:57

Vi essa cena no trailer. Talvez aventure me... 

De Magda L Pais a 11.08.2016 às 23:39

Aventura-te que não te arrependes

De Sofia a 12.08.2016 às 18:37

Já tinha ouvido falar deste livro como exemplo do que acontece muitas vezes, hoje em dia, em certas comunidades de fãs e que é exacerbado pela Internet: fãs acharem que têm voto na matéria, no que toca ao trabalho fictício alheio.

De Magda L Pais a 15.08.2016 às 11:55

sim, acredito que assim seja, Annie é, de facto, aquela fã que não desiste de ter as coisas à sua maneira

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.