Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Poço da Ascensão

por Magda L Pais, em 14.02.17

24320501.jpg

O Poço da Ascensão de Brandon Sanderson

Saga Mistborn – Nascida das Brumas, Vol. 2

Editado em Fevereiro de 2015 pela Saída de Emergência

ISBN: 9789896377175

Sinopse

Alcançaram o impossível: o mal que governara o mundo pela força do terror foi derrotado. Mas alguns dos heróis que lideraram esse triunfo não sobreviveram, e eis que surge uma nova tarefa de proporções igualmente gigantescas: reconstruir um novo mundo. Vin é agora a mais talentosa na arte e técnica da Alomância e decide reunir forças com os outros membros do bando de Kelsier para ascender das ruínas de um passado vil.

Venerada ou perseguida, Vin sente-se desconfortável com o peso que carrega sobre os ombros. A cidade de Luthadel não se governa sozinha, e Vin e os outros membros do bando de Kelsier aprendem estratégia e diplomacia política enquanto lidam com invasões iminentes à cidade.

Enquanto o cerco a Luthadel se torna cada vez mais apertado, uma lenda antiga parece oferecer um brilho de esperança: o Poço da Ascensão. Mas mesmo que exista, ninguém sabe onde se encontra nem o poder que contém… Resta a Vin e aos seus amigos agarrar esta fonte de esperança e conseguir garantir o seu futuro e futuro de Luthadel, cumprindo os seus sonhos e os sonhos de Kelsier.

A minha opinião

O Poço da Ascensão só veio confirmar aquilo que pensei quando li O Império Final. Todos os fãs de fantasia deviam ler esta saga. E aqueles que acham que fantasia é coisa de miúdos e não é literatura… leiam também esta saga e vão perceber o que encanta milhares de pessoas em todo o mundo.

O mundo é salvo por Vin e o bando de Kelsier. Vin, com a ajuda das Brumas, mata o Senhor Soberano, terminando um reinado de terror que durou mil anos. Mas o que acontece ao mundo quando é salvo? O que acontece depois? Terão vivido felizes para sempre?

A maioria dos livros termina nessa fase. O mundo é salvo, palmas a todos, fechamos o livro e achamos isso mesmo: foram felizes para sempre. Só que nem sempre é assim. Ou, pelo menos, na realidade, não é assim e O Poço da Ascensão traz-nos precisamente o depois. Salvou-se o mundo, o eterno Senhor Soberano morreu, agora é preciso organizar de novo a sociedade e, acima de tudo, manter o reinado de Elend e não deixar que as tropas de Straff (pai de Elend) ou Cett consigam entrar em Luthadel.

O Poço da Ascensão é, além dum dos melhores livros de fantasia que já li, uma história de amor, de superação e de amizade. Um livro com todos os bons ingredientes possíveis e com personagens bem construídas, coerentes, e com as quais acabamos por nos identificar.

Elend, é, para mim, aquela com quem mais me identifico. E por este diálogo talvez percebam porquê:

— Meu caro — comentou Brisa. — Quando nos dissestes que tínheis de “ir buscar umas quantas referências importantes,” podíeis ter-nos prevenido de que estáveis a planear passar duas horas inteiras lá fora.

— Sim, bem — disse Elend — a modos que perdi a noção do tempo…

— Durante duas horas?

Elend acenou com um ar envergonhado.

— Estavam livros envolvidos.

Brisa abanou a cabeça.

Deixem-me só contar-vos que, se este livro, no seu todo, vale 5 estrelas, as últimas 100 páginas valeriam 6 ou 7 se as pudesse dar em separado. A luta por Luthadel e a busca pelo Poço da Ascensão têm uma cadência vertiginosa, que nos faz esquecer de tudo o que nos rodeia porque queremos só uma coisa: chegar ao fim do livro!

O Herói das Eras, terceiro volume desta saga espera-me. Logo que termine O Plano Infinito de Isabel Allende e depois de ler Marcado na Pele de Anne Bishop, será a sua vez. Tenho a certeza que valerá tanto a pena!

 

(leia aqui um excerto da obra) 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.