Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Último Capítulo

por Magda L Pais, em 07.04.16

2260525.jpg

O Último Capítulo de Edmund Power

Editado em 2007 pela Saída de Emergência
ISBN: 9789728839819
 
Sinopse
Vivemos na época dos best-sellers. As editoras só querem publicar best-sellers, os leitores só querem ler best-sellers... e há quem faça tudo para escrever um.

Quando Brendan Stokes, um escritor falhado, descobre o cadáver do vizinho, descobre também que lhe saiu a sorte grande: perto do corpo está uma obra-prima acabada de escrever.
Decide então fingir ser o autor do manuscrito e, quando os contratos milionários começam a chegar, a fraude revela ser uma maneira muito mais fácil de enriquecer do que escrever o seu próprio livro.
Mas a teia de mentiras torna-se tão extensa que Brendan tem dificuldade em manter a sua história. E com a polícia, a sua mulher e uma série de amigos a fazerem perguntas sobre o vizinho e o seu best-seller, cedo se apercebe que para roubar um livro também terá que roubar vidas.

A minha opinião

Autor desconhecido, uma capa estranha, um título estranho e uma sinopse assim assim. Estes factores juntos não me levariam a ler este livro, confesso mas a Maria recomendou a sua leitura e  lá acabei com ele na mala para o ler. Valeu a pena.

Factos. Brendan, em cada cinco palavras que diz, seis são mentira. Isto é um facto verdadeiro, não é mais uma mentira do narrador. Outro facto verdadeiro: a mentira tem perna curta. E muitas mentiras juntas não se tornam verdade. Mas podem tornar-se num livro. E dos bons.

Brendan é um escritor. Ou um operário com a mania que é escritor. Depois de enviar o seu quarto manuscrito recebe a quarta carta de rejeição. A editora a quem enviou a sua obra-prima devolve-o dizendo que:

... existem muito mais coisas que o senhor desconhece. Por exemplo como escrever em inglês de forma clara, concisa e coerente.

...

Deixe-me colocar a questão de forma directa, clara e nada rebuscada (...) Sr Stokes, esqueça. Não é um escritor e nunca o será. Lá fora, existem milhares de empregos, que poderão valorizar bastante a sua tenacidade, a sua diligência e a sua coragem. Por amor de Deus escolha um deles. Escolha hoje!

Mas Brendan não quer desistir e dar à sua amada esposa (a mesma que o traí todas as noites com um dos amigos do casal) mais razões para ela o odiar. 

Um dia tudo muda. Por causa dum cheiro nauseabundo, Brendan arromba a porta do vizinho e, além de o encontrar muito morto, encontra também um manuscrito. Com uma história diferente de tudo o que conhece. Brendan vê, no manuscrito, a sua melhor hipótese e rouba-o para o reescrever e enviar para a editora que o recusou. Mas o universo une-se contra ele e as pontas soltas que vai deixando vão sendo unidas pela policia.

Confesso que me ri imenso com isto e, de uma forma perversa, quase que esperava que Brendan se safasse. Caramba, há que valorizar a capacidade inventiva do homem para manter a sua história a todo o custo.

Mais uma prova que não se deve avaliar o livro pela capa. Esta capa não é, de todo, atraente. Ao contrário do livro. E isto é um facto. Verdadeiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

De Me, myself and I a 07.04.2016 às 09:43

Obrigada Magda...mais um livro para a lista interminável das leituras futuras! 

De Magda L Pais a 07.04.2016 às 09:45

Lembraste do Never Ending Story? é mais ou menos a mesma coisa ahahaahah

De Me, myself and I a 07.04.2016 às 09:49

Ahahahahah
Adorei esse filme! 

De Magda L Pais a 08.04.2016 às 14:08

nunca vi, acreditas?

De Me, myself and I a 08.04.2016 às 14:12

Oh!!!! Vi-o na minha infância e ainda hoje a música do filme não me sai da cabeça!  
Não é que seja um grande filme, mas  um filme com dragões para crianças não era usual!

De Magda L Pais a 08.04.2016 às 14:14

A música sim, ainda me lembro. Agora o filme não vi mesmo

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.