Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Órfão X

por Magda L Pais, em 27.09.16

30899750.jpg

Órfão X de Gregg Hurwitz

Evan Smoak - volume I
Editado em 2016 pela Saída de Emergência
ISBN: 9789896379766

Sinopse
Um thriller moderno ao melhor estilo dos livros de Bourne Identity.

O Homem Mistério é uma figura lendária cujo nome é sussurrado pela calada. Diz-se que quando os mais desesperados recorrem a ele, o Homem Mistério fará tudo para os proteger e salvar. Mas ele não é nenhuma lenda.
Evan Smoak é um homem de imensas capacidades, empenhado numa missão pessoal de ajudar quem já não tem para onde se virar. É também um homem com um passado perigoso. Foi escolhido em criança para fazer parte do programa Órfão X, um programa especial de treino destinado a criar assassinos perfeitos. Ele era o Órfão X, mas Evan usou tudo o que aprendeu para desaparecer do mapa.
Agora alguém lhe move uma perseguição. Alguém com os mesmos talentos e treino que Evan. E que irá explorar de forma implacável o ponto fraco de Evan – o seu próprio trabalho como Homem Mistério – para o encontrar e eliminar. Conseguirá ele enfrentar os seus adversários e recuperar a sua vida?

A minha opinião

Tiveram de me chamar duas vezes para ir levar uma injecção. E mais do que uma vez para a fisioterapia. Cheguei a casa e disse - desculpem, vou ali acabar este livro e já falamos. E o culpado? Órfão X. O primeiro duma série que, a avaliar por este primeiro volume, será de acompanhar da primeira à última linha.

Órfão X não nos dá um momento de pausa. Os acontecimentos sucedem-se a uma velocidade vertiginosa, com voltas e reviravoltas (da primeira à ultima página, literalmente), impróprio para cardíacos ou para quem queira um livro relaxante (creio que, a determinada altura, até olhei por cima do ombro para ver se estava tudo tranquilo por aqui).

Evan é o Órfão X, treinado para ser o melhor entre os melhores assassinos. Mas quando o programa que o treinou é cancelado por causa duma fuga de informação, Evan opta por colocar os seus atributos ao serviço dos mais desesperados, de pessoas para quem a esperança já morreu. Até que um dia descobre que há mais como ele. E que o querem matar. A todo o custo.

Um thriller com sabor adocicado, contribuindo (e bem) para isso Peter e a sua mãe, Mia. Quem pode sobreviver sem um pouco de amor e de doçura? Evan achava que sim, mas percebe, com Peter e Mia, que afinal é preciso mais do que ser quase um autómato.

Mais uma vez, a minha aposta em autores que desconheço volta a compensar. Sai, mais uma vez da minha zona de conforto, de autores que conheço e gosto para ser agradavelmente surpreendida. Depois deste primeiro volume, espero ansiosamente pelo segundo volume, até porque o epílogo deste primeiro livro me deixou com imensa vontade de ir já a correr comprar o seguimento. Parece é que ainda não está à venda o que pode dificultar...

 

Leia aqui as primeiras páginas

*********

Já participaram no Passatempo solidário Pilar #1?

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

De azulmar a 27.09.2016 às 10:59

Mais um para a lista. Enfim, tu és mesmo a minha desgraça! 

De Magda L Pais a 27.09.2016 às 11:00

euuuuuu ? 


concorre ao passatempo que vou por on line amanhã ehehehehe pode ser que tenhas sorte

De azulmar a 27.09.2016 às 15:04

Vou esperar então por amanhã. Ansiosamente!

De Curly a 27.09.2016 às 11:27

Agora fiquei completamente em pulgas!! :):)

De Magda L Pais a 27.09.2016 às 11:39

olha que as pulgas são merecidas que o livro é mesmo mesmo muito bom! amanhã vai estar on line um passatempo que oferece este livro :D

De Curly a 28.09.2016 às 10:35

Fixe! :)

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.