Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quando Éramos Mentirosos

por Magda L Pais, em 04.05.17

22027229.jpg

Quando Éramos Mentirosos de E. Lockhart 

ISBN: 9789892327365
Editado em 2014 pelas Edições Asa

Sinopse

E se alguém lhe perguntar como acabar este livro… MINTA.
A família Sinclair parece perfeita. Ninguém falha, levanta a voz ou cai no ridículo. Os Sinclair são atléticos, atraentes e felizes. A sua fortuna é antiga. Os seus verões são passados numa ilha privada, onde se reúnem todos os anos sem exceção.
É sob o encantamento da ilha que Cadence, a mais jovem herdeira da fortuna familiar, comete um erro: apaixona-se desesperadamente. Cadence é brilhante, mas secretamente frágil e atormentada. Gat é determinado, mas abertamente impetuoso e inconveniente. A relação de ambos põe em causa as rígidas normas do clã. E isso simplesmente não pode acontecer.
Os Sinclair parecem ter tudo. E têm, de facto. Têm segredos. Escondem tragédias. Vivem mentiras. E a maior de todas as mentiras é tão intolerável que não pode ser revelada. Nem mesmo a si

A minha opinião

Algures no espaço e no tempo comprei este livro. Já não tenho a certeza quem me recomendou que o lesse nem isso, na verdade, é importante. O que importa é o comprei e esta semana peguei nele para o ler.

Não posso dizer que seja um livro magistralmente escrito porque, na verdade, a escrita é básica, com parágrafos algo confusos e com frases soltas que nem sempre fazem sentido. Lê-se muito rapidamente apesar de misturar o passado e o presente sem elos de ligação, sendo necessária alguma atenção para não nos perdermos.

Mas a história valeu a pena. A família Sinclair vive das aparências. De mentiras, de meias verdades. Mostram, ao mundo, que a vida deles é um mar de rosas quando, afinal, vivem no meio dos espinhos. E digam-me lá, quantas pessoas conhecem assim?

Mas a família Sinclair tem um segredo. Um drama que aconteceu num verão e do qual ninguém fala. Faz-me lembrar o celebre titulo do filme "sei o que fizeste o verão passado".

Terminado o livro e após se perceber qual é o tão temido segredo, fica apenas uma pequena dúvida que não é esclarecida em momento algum. Porque é que os primos eram conhecidos como "Mentirosos"? (alcunha que até dá o nome ao titulo).

Li algures que a parte do livro que explicava esta alcunha foi retirado por ser demasiado massudo e pouco interessante. Bem. A ser verdade, talvez devessem ter alterado também o titulo do livro que acaba por perder o seu significado porque, em momento algum, somos esclarecidos da razão da alcunha.

Enfim...

 

(leia aqui as primeiras páginas)

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

De Edite a 04.05.2017 às 09:34

Mentirosos é poucoImage

De Simple Girl a 04.05.2017 às 09:50

Também já li esse livro e até gostei. Mas as frases são realmente um bocadinho confusas, porém a história em si até é interessante. Hei-de reler um dia.
Respondendo à pergunta, mas tendo em conta que não me lembro muito bem da história, acho que eles eram chamados de "mentirosos" porque não tiveram a coragem de admitir o que realmente se passou, escondendo sempre esse segredo... pelo menos é a minha interpretação...
Beijinho*

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.