Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


C - Citação literária preferida

por Magda L Pais, em 16.08.17

alfabeto-literario.jpg

Vou escolher três.

A primeira dedicada ao meu avó, tirada d'O Livro dos Baltimore de Joël Dicker;

A ternura do seu riso não me sai da memória. Bem como a sua exigência. Nem o seu modo de andar e a sua eterna elegância. (...)

Glória a ti, meu avô amado. Fica sabendo que fazes falta cá em baixo. Gosto de pensar que estás a olhar para mim aí de cima e que acompanhas o meu percurso com uma mescla de diversão e emoção. (...)

Estou-te grato por tudo o que me deste. Descansa em paz.

 A segunda dedicada aos livros, tirada do livro A Livraria dos Finais Felizes de Katarina Bivald

Sara estava convencida de que a maioria das pessoas que alguma vez pensava nela achava que os livros lhe serviam de escape.

E talvez fosse verdade. Logo no liceu, percebera que poucas pessoas prestavam atenção a quem tivesse o nariz enfiado num livro. De vez em quando, Sara tivera de levantar o olhar para se desviar de uma régua ou de um manual escolar que voava pelos ares, mas, habitualmente, não tinham sido atiradas para ela em particular, e não costumava ficar sem saber em que parte do livro ia. Enquanto os seus colegas martirizavam os outros ou eram, eles próprios, atazanados, inscreviam símbolos sem significado nos tampos das secretárias ou rabiscavam os cacifos uns dos outros, ela viver paixões avassaladoras, morte, gargalhadas, terras distantes, dias perdidos. Os ouros poderiam achar-se encalhados num velho liceu em Haninge, mas ela fora uma geisha no Japão, deambulara lado a lado com a última imperatriz da China entre as quatro paredes dos claustrofóbicos aposentos na Cidade Proibida, crescera com a Ana dos Cabelos Ruivos, cometera uma boa dose de homicídios e amara e sofrera uma e outra vez.

Os livros tinham constitutivo uma defesa, sim, mas não era só isso. Tinham protegido Sara do mundo à sua volta, mas também o tinham transformado num difuso pano de fundo para as verdadeiras aventuras existentes na sua vida.

E a terceira sobre a paixão de ler, retirado do livro A sombra do vento de Carlos Ruiz Zafón

- Nunca me tinha sentido agarrada, seduzida e envolvida por uma história como a que aquele livro narrava - explicou Clara. (...) o prazer de ler, de explorar portas que se nos abrem na alma, de nos abandonarmos à imaginação, à beleza e ao mistério da ficção e da linguagem.

(...)

Aquele livro mostrou-me que ler me podia fazer viver mais e mais intensamente, que me podia devolver a vista que tinha perdido.

***

Por 26 dias, eu, a JustMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoHappyCarla B. e Princesa Sofia respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados no Sapoblogs com esta tag (não consigo colocar aqui as tags da blogspot).

Autoria e outros dados (tags, etc)

B - Bebida preferida durante a leitura

por Magda L Pais, em 14.08.17

alfabeto-literario.jpg

Tal como leio em quase todo o lado, também não sou exactamente esquisita com a bebida. Acho que todas as bebidas combinam com um livro. Bem, agora até todas as comidas combinam com um livro, desde que comprei este suporte que me facilita imenso a vida

Na verdade, e pelo menos para mim, tudo combina bem com um livro...

***

Por 26 dias, eu, a JustMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoHappyCarla B. e Princesa Sofia respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados no Sapoblogs com esta tag (não consigo colocar aqui as tags da blogspot).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alfabeto literário – as regras

por Magda L Pais, em 10.08.17

Então já somos 12 a responder ao Alfabeto literário e por isso venho aqui explicar umas coisitas que é mais fácil.

  • Usem estas duas tags (pelo menos estas, se quiserem usar mais estejam à vontade): alfabeto literário e livros.
  • Usem a mesma imagem do post original, ou seja, esta:

alfabeto-literario.jpg

(podem usar outras imagens, claro)

  • O título do post deve ser a letra + a pergunta (por exemplo, para amanhã, o titulo será: A – Autor Favorito)
  • No final de cada post coloquem um texto que remeta para as restantes participantes, com os links dos blogs. Eu vou usar este: Por 26 dias, eu, a JustMaria João Covas, Sofia GonçalvesMulaAlexandraDrama Queen, CaracolGorduchita, B♥, Sandra.wink.wink e Princesa Sofia respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs.
  • Para quem nunca participou num desafio destes, cada pergunta pode ter várias respostas. Por exemplo, no caso do autor favorito, podem dizer o autor e a autora. Se tiverem dúvidas, vejam como fizemos com uma paixão chamada livros.
  • Depois de respondermos à última pergunta (que, pelas minhas contas, será dia 9 de Outubro, segunda feira), faremos, cada uma, um post com a conclusão do desafio.

Então, até amanhã às 14h e obrigado a todas as que aceitaram este desafio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alfabeto literário

por Magda L Pais, em 10.08.17

alfabeto-literario.jpg

Andava por ai a passear pelos blogs e por tags literárias e encontrei uma interessante. 26 perguntas relacionadas com livros e que obedecem à ordem do alfabeto.

Ora como tenho publicado pouco e só mesmo as criticas aos livros que tenho lido (as mais actualizadas que ainda tenho umas quantas em rascunho para ir publicando), e também porque me apetece, vou responder a todas as perguntas da lista. Mas, em vez de ser todas ao mesmo tempo o que daria um post muito extenso, vou fazê-lo às segundas, quartas e sextas, às 14h.

Mais alguém quer acompanhar? (giro giro era a Sofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenFatia MorNathyMJJustCarla B.Caracol, e asminhasquixotadas também responderem para fazermos uma coisa mais ou menos como fizemos com uma paixão chamada livros. Mas não só elas como quem quer que se queira juntar)

Começo na próxima sexta-feira, que me dizem?

 A - Autor preferido

B - Bebida preferida durante a leitura

C - Citação literária preferida

D - Detestaste ler

E - Estás a ler

F - Feliz por lhe teres dado uma oportunidade

G - Género literário que não lês

H - Hardcover ou paperback?

I - Internet ou livrarias físicas?

J -  Julgas um livro pela capa?

K - Kobo ou Kindle? Kindle ou livro físico?

L - Livro mais longo que já leste

M - Momento mais importante na tua vida literária

N - Número de estantes que possuis

O - Obsessão literária

P - Personagem que provavelmente terias namorado na escola

Q - Quantos livros tens por ler?

R - Ressacas literárias. Quando foi a tua última?

S - Série que começou e precisa acabar

T - Três dos teus livros preferidos de sempre

U - Último livro que leste

V - Voltarás a ler.

W - Wishlist literária. Qual o último livro que adicionou à tua wishlist?

X - X marca o lugar. Qual é o 24º livro da tua estante?

Y - Y.A. ou livros adultos

Z - Zzzz...Qual o último livro que te manteve acordada até tarde?

Autoria e outros dados (tags, etc)

A minha vida é um livro - em 2016

por Magda L Pais, em 04.01.17

20154491_V4uqr.jpeg

A Mula apresentou-me o desafio A minha vida é um livro! que consiste em construir uma história com os títulos dos livros que li em 2016. Lixei-me! foram 81 e não deve ser fácil conjuga-los. As regras são estas:

20154550_Oa7Ms.jpeg

Estamos pior... quando comecei o post não tinha lido a segunda regra... Mas como não gosto de desistir facilmente, vamos lá a isto. Prontos? eu também... e seja o que os livros quiserem.

Foi com a alma das pedras e a elegância do ouriço que se começou a construir um'a biblioteca das sombras. João, o navegador solitário, punha-se à janela a observar os pássaros, principalmente aquele bando de corvos que era comandado pela rainha vermelha. Mas João também escrevia e, um dia, em conversa com os amigos, fez algumas confissões de um jovem escritor enquanto chegavam ao parque de diversões que iam visitar. Aproveitaram para tirar uma foto junto ao letreiro que dizia Bem-vindos a Joyland. Gostaram do parque de diversões mas quando perceberam que mataram a cotovia, ficaram aborrecidos.

Sara, uma das melhores amigas de João, passou a lua de mel em Paris e conheceu o executor d'o jogo do anjo. Mas o karma é tramado e ataca quando menos se espera. Mais maldito Karma e Wilt, o marido, como lobo solitário que é, foi feit'o prisioneiro do Céu por ter encontrado a pérola mais bonita de que há memória.

João escreveu o último capítulo d'o estranho caso do cão morto e convidou Sara para visitarem a livraria dos finais felizes onde o velho que lia romances de amor lhes falou na escrava que era a companhia predilecta d'o leitor de cadáveres. "era a menina dos meus olhos... e agora, como vou eu viver depois de ti?"

Desafiado por João, o velho, contou-lhe os doze segredos da língua portuguesa que lhe faziam falta para poder escrever o livro sobre os últimos dias dos nossos pais.

Paloma, a contadora de filmes foi visitar a biblioteca que tinha o único Livro dos Baltimore. Este livro tinha sido escrito pel'o escritor-fantasma conhecido por estar sempre furiosamente feliz

A torre de espinhos ia estragando a incrível viagem de Arthur Pepper mas, com a ajuda d'a senhora da magia que usou a sua visão de prata, Arthur conseguiu viajar e foi visitar a Rainha Suprema para pedir clemencia para o prisioneiro da árvore que não soube responder à pergunta fulcral: Para onde vão os guarda-chuvas?

As serviçais arrumaram a moradia onde viviam os pais de João, porque os velhos também querem viver em casas limpas e arrumadas, já que a rapariga-corvo tinha fome de fogo e seguia à risca as Instruções da Pitonisa que, com pura malícia, lhes tentava espetar a lâmina na alma.

Levanta-se a voz da vingança e denuncia o adultério

N'o silêncio do marHarry Potter e a criança amaldiçoada resolvem escrever um conto a partir de uma história verdadeira a que chamam a tragédia da rua das flores

Quando Anne chega ao oceano no fim do caminho descobre que alguém falou sobre os últimos sete meses de Anne Frank mas não se importa porque ouve o rouxinol e fica encantada.

O Lar da Senhora Peregrine para crianças peculiares recebe o Pistoleiro na Cidade sem alma, tornando as horas invisíveis.

A relíquia que João e Sara procuravam desapareceu. Quase que se ouvem os Gritos Silenciosos de ambos e João acaba por sentir que chegou a altura de dizer a Sara que "não sei viver sem ti, és a minha Luz e o que mais quero na vida é ser a tua Shadow". Mas Sara está apaixonada pelo marido, vai-se embora e João começa a chorar, até que chega perto dele um Homem chamado Ove que lhe pergunta pelos seus sonhos proibidos. Depois de João lhe contar tudo, Ove explica-lhe que ele ainda tem uma vida à sua frente para ter o Império Final.

Salva-me duma carreira do mal, pede-lhe João mas Ove tem de se ir embora para falar com Joanne sobre as primeiras quinze vidas de Harry August.

Mas antes de se separarem, falta a luz no restaurante e os funcionários são obrigados a acender velas. A conversa prolonga-se mais do que Ove queria e as velas ardem até ao fim.

Quando saem do restaurante, na sombra da Lua percebem que as flores que se vêem são as sangue-do-coração que, entre outros fins, podem ser usadas para decorar os pratos do Arroz de Palma que era o o terceiro desejo do mercador de sonhos de Lisboa que se perdeu no labirinto dos espíritos enquanto procurava os livros que devoraram o meu pai.

 

Tarefa concluída com sucesso. Não é a melhor história do mundo mas respeita as regras. 

Falta apenas nomear cinco vítimas pessoas e portanto vamos a isto.

 Miss F. A ver se te inspiras para escrever mais que eu gosto de te ter aqui

 Edite, é a minha vingança ahahahaahahha (riso maléfico)

 Maria, uma forma de voltares a escrever e recordares o que leste em 2016

 Just, vamos a isto?

 Marta, conto contigo?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.