Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Herdeiros do Ódio

por Magda L Pais, em 13.03.17

23125765.jpg

Herdeiros do Ódio de Virginia C. Andrews

Dollanganger, #1

ISBN: 9789897261442

Reeditado em 2014 pela Quinta Essência

Sinopse

Os quatro filhos da família Dollanganger levavam vidas perfeitas - uma bela mãe, um pai amoroso e dedicado, uma linda casa. De repente, o pai morre num acidente de viação e a mãe fica endividada e não possui qualificações para ganhar a vida e sustentar a família. Assim, decide escrever aos pais - os seus pais milionários, dos quais as crianças nunca tinham ouvido falar.

A mãe fala-lhes dos avós ricos, de como Chris, Cathy e os gémeos irão levar vidas de príncipes e princesas na luxuosa mansão dos avós. As crianças deleitam-se com as perspectivas da nova vida, até descobrirem que existem algumas coisas que a mãe nunca lhes contou. Nunca lhes contou que eram consideradas pelos avós «filhos do demónio» e que nunca deviam ter nascido. Não lhes conta que é obrigada a ocultá-las do avô porque deseja herdar a fortuna dele. Não lhes conta que devem permanecer trancadas numa ala isolada da casa, tendo apenas o sótão escuro e abafado onde brincar. Prometeu-lhes, porém, que seriam apenas alguns dias... Contudo, os dias transformaram-se em meses, os meses em anos. Desesperadamente isolados, aterrorizados pela avó, Chris e Cathy tornam-se tudo um para o outro e para os gémeos. Agarram-se ao amor mútuo como última esperança, única força sólida - uma força quase mais poderosa que a morte. Herdeiros do Ódio é um romance de terror, traição e salvação através do amor.

A minha opinião

E um dia recebo em casa este livro com esta carta:

17238684_10155206280689636_288185848_n.jpg

Fiquei encantada! e tudo porque a Mula se tinha lembrado que lhe tinha dito, na dita conversa, que este livro me parecia bastante interessante. E mais, além disso, ainda me fez a surpresa de o enviar. Fiquei tão feliz que nem imaginam. Sim, porque eu sei que a Mula, tal como eu, é extremamente ciosa dos seus livros e não os empresta a qualquer um! eu era a Uma a quem ela estava a emprestar um livro que a tinha marcado há 12 ou 13 anos. Além disso, caramba, uma carta manuscrita. Há quantos anos não recebia eu uma carta assim? há quanto tempo não recebem uma carta manuscrita?

Adiante, vamos ao que aqui interessa, a minha opinião sobre o livro.

Não é fácil falar sobre este livro. Como mãe, como filha, como pessoa, a pesada história aqui retratada deixou-me, várias vezes, com um nó no estômago que nem imaginam.

A história conta-se em poucas palavras. Um casal feliz, quatro filhos. Ele morre e a mãe fica sem forma de sustentar os seus filhos. A solução: voltar para a casa dos pais de onde foi expulsa. Mas o pai - avó das crianças - não pode sequer sonhar que tem netos. A solução: esconder os quatro filhos num quarto de onde só podiam sair para o sótão e, mesmo assim, em determinadas circunstancias. Nada de saírem à rua, nada de abrirem as janelas. Primeiro por uma noite, depois por mais uns dias... e acabam por ser anos que Chris, Cathy, Cory e Carrie ficam presos naquele quarto, naquele sótão, tendo apenas por companhia os ratos. A avó leva-lhes, todos os dias, de manha, a comida para esse dia. A menos que cometam algum pecado - que pode passar apenas por olharem para ela - e, nesse caso, podem ser chicoteados e não terem qualquer comida.

Como se cresce assim? os gémeos tem 4 anos, Cathy 12, Chris 15 quando são fechados e se tornam tudo uns para outros.

Confesso que li este livro com um misto de horror e de curiosidade mórbida. Não que a escrita seja qualquer coisa de extraordinário (é boa mas falta-lhe qualquer coisa. Ou eu estou a ficar demasiado exigente) mas a história em si, o desenrolar dos acontecimentos e a dúvida: o que está realmente a acontecer fora do quarto?

Mula, adorei realmente este livro! valeu a pena e em breve irei ler a continuação da história. Quero saber como continuam os miúdos Dollanganger e o que acontece à velhaca da mãe e da avó.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.