Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Teias de Sonhos

por Magda L Pais, em 15.07.17

teias.jpg

Teias de Sonhos de Anne Bishop

Série Jóias Negras #5

ISBN: 9789896370169

Editado em 2007 pela Saída de Emergência

Sinopse

Teias de Sonhos é a forma ideal de travar conhecimento com o mundo negro e fantástico de Anne Bishop. Depois da aclamada Trilogia das Jóias Negras, Teias de Sonhos vai ainda mais longe e faz incidir a luz sobre os acontecimentos mais ocultos do passado de cada uma das suas fascinantes personagens.

Qual a origem das jóias e do seu poder? Qual o passado de Saetan, o Senhor Supremo do Inferno? O que esconde a vida pessoal do misterioso Lucivar? Conseguirá Jaenelle ser feliz ou terá sacrificado a sua felicidade com Daemon para poder salvar o mundo?

Com um enredo tão sensual quanto perverso, Anne Bishop oferece-nos mais uma prova irrefutável de ser uma das vozes mais fortes da dark fantasy.

A minha opinião

Está a ser um verão excelente, este em que volto a mergulhar neste mundo negro e fantástico em cujo universo se passa a série Jóias Negras. De tal modo que considero, de bom grado, voltar a ler os três volumes principais, logo que terminem as férias e que acabe de ler estes volumes independentes entre si mas que estão interligados. Como uma teia de sonhos, construída pela feiticeira Anne Bishop para gáudio dos seus fãs – onde me incluo.

Dividido em quatro histórias, este volume responde a algumas questões… Ficamos a conhecer a história de Lucivar e Marian, porque é que Zuulaman desapareceu e porque é que Saetan o fez. E ficamos, por fim, a saber, quem é o coração de Kaeleer e o que significa a jóia que Jaenelle passou a usar.

Cativante desde as primeiras páginas, este livro fez-me passar alguns bocados mais constrangedores nos transportes públicos ou mesmo enquanto almoçava. E tudo porque algumas passagens me deixaram a rir ou a sorrir. São 498 páginas de puro deleite, de reencontro com velhos amigos e que me souberam a muito pouco (o que, aliás, é um problema recorrente nos livros de Anne Bishop. Sabem-me sempre a pouco).

(leia aqui as primeiras páginas)

Autoria e outros dados (tags, etc)




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.