Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Inspiração

por Magda L Pais, em 21.03.16

A inspiração surge quando se põem os cotovelos na mesa, o rabo na cadeira e se começa a suar. Escolhe um assunto, uma ideia, e espreme o cérebro até doer. A isso chama-se inspiração.

In O Jogo do Anjo, Carlos Ruiz Zafón

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma paixão chamada livros 36/40

por Magda L Pais, em 21.03.16

12463540_10153107970217202_1832468150_n.jpg

Frases típicas que escutas enquanto leitor

"Mas já leste isto tudo?" - esta foi a segunda frase que um amigo meu disse, após ter entrado na minha casa aqui há coisa de 15 anos (a primeira foi bom dia!). Na altura teria uns cento e poucos livros, cabiam todos na divisão mais pequena da casa, num quarto transformado em escritório. Imagino que hoje, ao olhar para os livros que tenho (e que são poucos, muito poucos comparado com todos os que gostava de ter), ficaria ainda mais estupefacto.

Curiosamente, essa é a frase que ouço mais vezes quando alguém visita a minha casa pela primeira vez. Mas não é a única.

Mais livros? Estás boa da cabeça? Já não tens livros suficientes? Como consegues ter tempo para ler? Não é preferível ver o filme? Onde é que os vais guardar? Não tinhas nada para ler, era? - são alguns bons exemplos do que ouvimos quando lemos. Não que me importe. É que ler compensa tudo isso!

_____________________________________

Por quarenta dias, eu, M*The Daily MiacisMulaMiss FMarcianoAlexandraJPDrama QueenFatia MorCMNathyMJJustAna Rita Garcia M.TeaCarla B.Neurótika WebbNoqeCaracolMorena, asminhasquixotadasKikas partilhamos a nossa paixão pela leitura e pelos livros. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Inferno

por Magda L Pais, em 21.03.16

Estreia em Outubro deste ano o filme baseado no quarto livro de Dan Brown - Inferno - e, se outras razões não houvesse, será por esse motivo para vos falar sobre este livro.

Robert Langdon está de volta e, tendo por base a obra de Dante, terá de descobrir porque acordou numa cama de hospital em Florença sem qualquer memória dos últimos dias, mas com uma frase na memória: procura e encontrarás. Com a ajuda de Sienna Brooks, Robert terá de descobrir quem o tentou matar e, ao mesmo tempo, impedir um louco de libertar uma praga de dimensões globais.

Tal como nos anteriores livros de Dan Brown, os acontecimentos sucedem-se a uma velocidade vertiginosa, quase sem tempo para respirar, e há surpresas ao virar de cada página. Claro que para quem gosta deste género de livros, este é um bom exemplo, mas quem não gosta não vai ficar fã.

12f761_2b4884dc3365453888573cfe8c94f2ad.jpg

Aliás, tendo em mente que gosto imenso dos livros deste autor, a verdade é que a essência das histórias dos vários livros é a mesma. Diferenciam-nos, aos livros, os temas analisados (no caso do Inferno é o crescimento populacional e as suas consequências) e o local onde a acção se desenvolve (Florença e Veneza neste caso). Ainda assim, em qualquer um dos livros o prazer pela leitura é enorme, a distracção pura e simples está garantida e o suspense é permanente. 

(Continuar a ler)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031