Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu & Kobo

por Magda L Pais, em 06.06.19

No inicio deste ano comprei um Kobo. Eu, que sempre preferi os livros físicos aos livros digitais vi-me obrigada - por razões de saúde - a dar-me como vencida (mas ainda não totalmente convencida)

De lá para cá, dos 30 livros que já li, 23 foram ebooks. E, ainda que não me sinta como traidora, vejo-me na obrigação de, publicamente, fazer uma declaração polémica:

Afinal os ebooks, quando lidos num Kobo, não são maus de todo e até se lêem bem

Reconheço, acima de tudo, que um Kobo - que pesa, no máximo dos máximos, 250 gramas - é excelente na hora de ler aqueles livros com mais de 500 páginas que pesam imenso. E também é excelente porque, quando acabamos um livro podemos começar logo outro, onde quer que estejamos. Claro que há a questão da bateria mas hoje em dia quase todos nós andamos com powerbanks por perto.

Há ainda a questão dos preços. Por exemplo, o ebook que estou a ler (840 páginas) agora custa, na versão física, € 19,90. O ebook custa € 12,90... são sete euros que se podem gastar noutro ebook, porque também os há a esse preço (ou ainda mais baixo). 

E onde adquiro os ebooks? bem, como expliquei já, na Wook não os compro garantidamente. Quando compro um ebook, quero que ele seja meu e quero lê-lo no meu Kobo. Os preços dos ebooks na Wook, na Fnac ou na Bertand são exactamente iguais mas comprando na FNAC ou na Bertand posso fazer o download as vezes que precisar e colocar o ficheiro no Kobo para ler onde e quando quiser e sem ter de aceder à internet.

Mas, aos poucos, fui descobrindo outros sites onde posso fazer o download de ebooks de forma gratuita. A qualidade tem sido bastante boa, há um ou outro caso em que o livro tem algumas expressões brasileiras mas nada que impeça a leitura e podem-se encontrar livros de todos os géneros literários.

Então tomem nota:

 Para quem gosta de Fyodor Dostoyevsky, e não se importa de ler em inglês, é só seguir por aqui

 Português Free-Ebooks - É necessária inscrição e temos acesso a 5 livros gratuitos por mês. 

 Projeto Adamastor - Dedicado exclusivamente aos clássicos portugueses

 Luso Livros - Muito semelhante ao projecto Adamastor

 Elivros Grátis - A maioria dos livros está em brasileiro mas a oferta é vasta.

 Lê Livros - um dos meus favoritos. 

 Project Gutenberg – com mais de 38.000 livros electrónicos gratuitos.

Docero - milhares de ebooks, à nossa disposição

Lendo Ficção e Fantasia - livros destes dois géneros literários, organizados por autores

Netgalley - Sugestão da Akira para livros que não são populares no mercado (os chamados Underground Books) em inglês

elivro

ZLibrary

E vocês, onde arranjam os vossos ebooks? Vamos fazer uma lista exaustiva de sites onde podemos recorrer, de forma gratuita?

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Amor da Tua Vida

por Magda L Pais, em 05.06.19

23500502.jpg

O Amor da Tua Vida de Cecelia Ahern

ISBN: 9789722354042

Editado em 2014 pela Editorial Presença

Sinopse

Contra toda a lógica da teoria das probabilidades, Christine Rose vê-se, no curtíssimo espaço de um mês, por duas vezes diante da iminência de assistir a um suicídio. No primeiro caso, o de Simon Conway, não conseguiu impedi-lo. Mas quando, uma noite, ao atravessar a ponte de Ha' penny, em Dublin, se depara com um homem, que ameaça atirar-se ao rio, Christine promete a si mesma que desta vez não irá falhar. Adam Basil, é este o nome do misterioso estranho, não pode morrer. Tem então uma ideia inusitada: fazer um pacto com ele. Compromete-se a, até ao dia do seu 35º aniversário, a duas semanas de distância, fazê-lo apaixonar-se de novo pela vida.

O Amor da Tua Vida traz-nos Cecelia Ahern no seu melhor, com uma história capaz de nos comover, divertir e apaixonar.

A minha opinião

Não sou pessoa de romances lamechas, em que tudo corre sobre rodas. No entanto, não me importo nada de os ler quando há são divertidos e bem dispostos, sem apelar demasiado ao sentimento.

O Amor da Tua Vida fez-me rir. E fez-me querer ler o livro ainda que esteja cheio de clichés e que, ao fim de dois ou três capítulos, já soubesse como ia acabar (é um romance, certo? não havia grande volta a dar). E mesmo assim, cheio de clichés e sendo um livro leve... levou-me a pensar numa série de coisas - o suicídio, as mudanças, as relações entre pais e filhos, entre outros temas mais ou menos importantes.

De uma forma curiosa, apesar de ser um livro leve e bem disposto, o suicídio não aparece aqui romantizado. Um contra-senso ou uma forma de nos obrigar a reflectir sem que o percebamos? - Aposto mais na segunda, já que me pareceu que a autora sabia exactamente o que estava a fazer. 

O Amor da Tua Vida foi o segundo livro da terceira ronda do livro secreto. E, não fosse por isso, provavelmente não o teria lido o que podia ser uma grande perda.

 

(leia aqui as primeiras páginas) 

Classificação: 

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Homem Que Plantava Árvores

por Magda L Pais, em 03.06.19

17678254.jpg

O Homem Que Plantava Árvores de Jean Giono

Tradução de Manuel Oliveira

ISBN: 9789898470263

Editado em 2012 pela Marcador

Sinopse

Plano Nacional de Leitura

Livro recomendado para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.

Inspirado em acontecimentos verdadeiros, traduzido em diversas línguas e largamente difundido pelo mundo inteiro, O Homem Que Plantava Árvores é uma história inesquecível sobre o poder que o ser humano tem de influenciar o mundo à sua volta.

Narra a vida de um homem e o seu esforço solitário, constante e paciente, para fazer do sítio onde vive um lugar especial.

Com as suas próprias mãos e uma generosidade sem limites, desconsiderando o tamanho dos obstáculos, faz, do nada, surgir uma floresta inteira - com um ecossistema rico e sustentável.

É um livro admirável que nos mostra como um homem humilde e insignificante aos olhos da sociedade, a viver longe do mundo e usando apenas os seus próprios meios, consegue reflorestar sozinho uma das regiões mais inóspitas e áridas de França.

A minha opinião

É incrível como - também na leitura - o tamanho não importa. O Homem Que Plantava Árvores tem apenas 70 páginas e foi lido entre dois mergulhos e enquanto comia uma taça de cerejas. Contudo, tenho a certeza, o conteúdo durará durante muito tempo.

Qual de nós não pensou já que não vale a pena fazer alguma coisa pelo ambiente porque somos apenas uma gota no oceano? Elzéard Bouffier também era apenas uma gota no oceano mas conseguiu - sozinho - reflorestar uma zona árida e inóspita de França.

São as nossas atitudes, quando estamos sozinhos, que mostram o nosso carácter. E Elzéard Bouffier, sozinho, sem que lhe fosse pedido ou reconhecido, conseguiu fazer o impensável: nasceu uma floresta.

O Homem Que Plantava Árvores é um livro que todos deveríamos ler, como inspiração. Para percebermos que, por mais gotas que sejamos, podemos mudar o que nos rodeia para melhor. E isso, às vezes, é quanto basta.

(leia aqui as primeiras páginas) 

Classificação:  

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 3/3




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Junho 2019

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30