Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Feridas de Guerra

por Magda L Pais, em 26.07.19

feridas.jpg

Feridas de Guerra de Anthony Riches

Império #1

Tradução de Jorge Colaço

ISBN: 9789897731624

Editado em 2019 pela Saída de Emergência

Sinopse

Marcus Valerius Aquila, membro da Guarda Pretoriana do imperador Commodus, viaja para a Britânia com uma mensagem urgente para o legado das tropas que se encontra na Muralha de Adriano. Mas assim que chega ao destino é acusado de traição e condenado a uma morte desonrosa. Com a ajuda dos antigos companheiros de armas do pai, consegue fugir e assume um novo nome enquanto se infiltra num obscuro regimento na Muralha de Adriano e tenta não dar nas vistas.

É então que um exército rebelde surge do lado norte da Muralha, e Marcus tem de provar que tem a resistência necessária para liderar uma centúria na linha da frente de uma guerra violenta e brutal com um inimigo impiedoso. Uma leitura fantástica… Alucinante e cheio de ação.

A minha opinião

Sétimo livro a contar para o bookbingo 2019, correspondente a

10. Um livro de um autor que nunca leste

(não era para ser este mas este serve que nunca tinha lido livro algum de Anthony Riches)

Feridas de Guerra é muito bom, apesar de um pouco previsível. Uma guerra lavada a sangue, suor e lágrimas, como todas as que a legião romana se envolveu no império romano, ainda que, neste livro, o focus esteja na história de Marcus, da sua fuga à morte e como subiu, a pulso, num exercito que não o queria aceitar (para além da sua própria história de vida que acaba por ser surpreendente).

A escrita é envolvente e fluída, os diálogos bem conseguidos (e alguns com aquela pitada de humor que me agrada sempre em qualquer livro) e as personagens fortes e consistentes. As batalhas estão descritas de tal modo que quase que sentimos vontade de ver se, também nós, estamos sujos de sangue. Aliás, é natural que a descrição das tácticas militares e das batalhas seja um dos pontos altos do livro já que o autor é formado em história militar.

A troca valeu a pena!

(leia aqui as primeiras páginas)

Classificação: 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

May we meet again

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tempestade de Guerra

por Magda L Pais, em 07.06.19

45361458.jpg

Tempestade de Guerra de Victoria Aveyard

Rainha Vermelha #4

Tradução de Teresa Martins de Carvalho

ISBN: 9789897731587

Editado em 2019 pela Saída de Emergência

Sinopse

Mare Barrow aprendeu rapidamente que para vencer é preciso pagar um preço muito alto. Depois da traição de Cal, que praticamente a destruiu, Mare está determinada a proteger o seu coração e a continuar a lutar com os rebeldes para assegurar a liberdade de Vermelhos e sanguenovos. A jovem fará de tudo para derrubar o governo de Norta - começando pela coroa de Maven. Mas para a guerra que se avizinha é necessário ter aliados poderosos. Conseguirá Mare lutar ao lado dos que a magoaram para assegurar a vitória? Ou será a rapariga-relâmpago silenciada para sempre?

Na primeira parte da conclusão desta extraordinária série, Mare terá de abraçar o seu destino e convocar todo o seu poder. Quem sobreviverá aos testes que se aproximam?

A minha opinião

Este livro é a primeira metade do livro que termina a série Rainha Vermelha. E, contrariamente à minha opinião e a de muita gente, os meus ombros e a minha coluna agradecem a divisão.

Por outro lado, esta divisão ajudou-me a preparar psicologicamente para me despedir de mais uma série fabulosa. 

Tempestade de Guerra, à semelhança dos outros livros da série está narrado a várias vozes. Cada um dos narradores vai partilhando connosco os seus pensamentos, o acontecimentos que os rodeiam, e, acima de tudo, a sua visão da história, tornando mais fácil, para o leitor, perceber toda a dinâmica da história. 

Se, ao longo de todo o livro, se pode confirmar a qualidade da escrita de Victoria Aveyard, a verdade é que a qualidade sobe exponencialmente nas descrições das batalhas. Acho que já o tinha dito antes mas volto a reforçar. A descrição das batalhas é tão real que nos sentimos lá, com toda a insegurança natural dum cenário de guerra.

Agora resta-me esperar (sem desesperar) pela segunda parte para me poder despedir das personagens e encerrar mais uma série da qual fiquei fã.

Uma breve nota final: as capas desta série são simplesmente geniais, provando que, muitas vezes, menos é mais. 

(leia aqui as primeiras páginas)

Classificação: 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

May we meet again

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando eu era pequenina...

por Magda L Pais, em 04.05.19

image003.jpg

Quando era pequenina adorava pintar e escrevinhar nos livros (que fossem próprios para isso, é claro que isto de escrever em livros que não são para isso dá-me arrepios na espinha).

Recebi, por isso, com satisfação, este kit que me permitiu voltar à infância, ainda para mais porque a qualidade do material é excelente, permite que qualquer criança pinte e repinte sem se estragar e, honestamente, é apto para todas as idades  - até para mim que já tenho quase 50 anos!

Ora vejam como eles ficaram depois de serem usados

IMG-20190314-WA0002.jpg

 

IMG-20190314-WA0003.jpg

 

IMG-20190314-WA0004.jpg

 

IMG-20190314-WA0005.jpg

 

IMG-20190314-WA0006.jpg

 

IMG-20190314-WA0007.jpg

 

IMG-20190314-WA0008.jpg

 

IMG-20190314-WA0009.jpg

 

IMG-20190314-WA0010.jpg

 

IMG-20190314-WA0011.jpg

Não fiquem com inveja. Há mais aqui à venda. Destes e não só. Vá, façam uma criança feliz. Ou façam-se a vossa felicidade com um livro destes para pintar para afastar o stress.

Podem encontrar os da marca primo aqui e os da marca Panini aqui. e podem conhecer a JB Global aqui

(estes livros foram-me oferecidos pela JB Comércio Global)

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Destino do Assassino

por Magda L Pais, em 24.04.19

44585824.jpg

O Destino do Assassino de Robin Hobb

Assassino e o Bobo #5

ISBN: 9789897731556

Editado em 2019 pela Saída de Emergência

Sinopse

FitzCavalaria deixou para trás a pele de assassino, mas nem assim encontrou paz. Depois do rapto de Abelha, e acreditando que ela está morta, Fitz e o Bobo partem em busca de vingança. Nenhum Servo estará a salvo. A missão revela-se surpreendente, com o reencontro com velhos amigos e a descoberta de novos aliados Fitz ainda é um homem temido, e o Bobo continua a ter segredos por desvendar.

O destino dos dois amigos ficará para sempre selado à medida que as respostas aos mistérios antigos são reveladas, num final épico, intenso e empolgante.

A minha opinião

15 livros... foram 15 livros que me levaram a viajar com Fitz, o Bobo, Breu e Olhos de Noite. Com Respeitador e Ketticken. E, mesmo não aparecendo em todos os livros, com Moli, Castro, Obtuso, Abelha e Urtiga. Uma família de personagens que nasceram da pena de Robin Hobb e que nos fizeram (a mim e à minha filha) tanta companhia que é quase impossível não os sentir como família, como amigos que, agora que chega a fim esta colecção, vão ficar apenas na nossa memória.

15 livros... e ao fim de 15 livros, Robin Hobb continua a surpreender, conseguindo que o último, o livro que fecha a série, O Destino do Assassino, seja o mais surpreendente, intenso, envolvente, emotivo e perfeito. Completamente perfeito.

O Destino do Assassino deixa-nos supercalifragilisticexpialidociou. Não há outra palavra que consiga descrever o que senti enquanto tentava - juro que tentei - não ficar comovida enquanto o final chegava e eu percebia que ia ter de dizer adeus a estas fantásticas personagens. E que maneira de dizer adeus.

O Destino do Assassino (ou, na realidade, todos os 15 livros) valeu por cada linha, cada palavra, cada capítulo.

Ketticken sorriu.

Depois de terminar o livro, fui dormir com esta singela frase com que o livro termina. Tão simples, tão curta e, no entanto... quase que poderia dizer "Magda sorriu" porque foi exactamente isso que aconteceu. Apesar da intensidade e da emoção do final, sorri.

Vocês sabem, eu sei que sabem, que Anne Bishop é a minha favorita. Que Os Outros ou As Jóias Negras são das minhas sagas favoritas desta autora. E sabem, sei que sabem, que os meus livros favoritos de sempre são As Brumas de Avalon. O que não sabem, mas ficam a saber hoje, é que esta Saga do Assassino com os seus 15 livros – e acima de tudo com O Destino do Assassino – está ali no podium.

Por fim, e como despedida, gostava de dedicar um momento para agradecer ao Fitz, ao Bobo, a Breu e a Olhos de Noite pela companhia que me fizeram. E a Robin Hodd por ser a fantástica escritora que é. Mas deixo também uma recomendação. Amigos da HBO, fizeram de facto um trabalho extraordinário com A Guerra dos Tronos. Não querem fazer o mesmo com esta saga? acreditem que vai valer a pena.

(e, por favor, quem ainda não leu estes livros... façam um favor a vocês mesmos e leiam. Vão ver que não se arrependem)

(leia aqui as primeiras páginas)

Classificação: 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen

por Magda L Pais, em 14.12.18

42832699.jpg

Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen de George R. R. Martin 

Volume 1, Parte 1

ISBN: 9789897731365

Ilustração: Doug Wheatley 

Tradução: Jorge Candeias

Editado em 2018 pela Saída de Emergência

Sinopse

A emocionante história dos Targaryen ganha vida neste trabalho magistral do autor de As Crónicas de Gelo e Fogo.

A Casa Targaryen governa Westeros. O Velho Rei e a Boa Rainha morreram. Os herdeiros do Dragão perfilam-se para a sucessão numa época aparentemente tranquila. Mas as sementes da guerra ameaçam estes tempos de paz e a ambição levará a uma batalha feroz pela posse do tão ambicionado Trono de Ferro.

Porque foi a Dança dos Dragões tão devastadora para os Sete Reinos? Quem é o legítimo herdeiro do Dragão? E que papel desempenhou a Casa Stark nesta luta de poder?  Estas são algumas das questões a este livro dá resposta pela mão de um reconhecido meistre da Cidadela e das quarenta e seis ilustrações a preto e branco.

Sangue & Fogo apresenta pela primeira vez o relato completo da dinastia Targaryen, permitindo uma compreensão perfeita da fascinante, dinâmica e por vezes sangrenta história de Westeros.”

A minha opinião

Quando li a série "Guerra dos Tronos" (muito antes de se ter transformado na série televisiva de sucesso que todos conhecem), passei por várias fases: o primeiro livro demorou a pegar, enrolei algumas páginas, achei demasiado confuso e demasiado sem jeito. Mas, ao mesmo tempo, despertou-me curiosidade pela novidade de ser um livro onde nenhuma personagem (boa ou má) está livre da morte. E então optei por continuar a ler e o que é certo é que devorei os livros seguintes até chegar ao último editado que voltou a ter o mesmo problema do primeiro e que demorei séculos a acabar. 

Claro que, apesar disso, estaria na disposição de ler a continuação se  George R. R. Martin tivesse a amabilidade de a escrever...Entretanto veio a série televisiva que está bem mais avançada que os livros e pronto, problema resolvido.

Fiquei, por isso, surpresa, quando Sangue e Fogo foi editado. Quer dizer... avançar na história está difícil mas contar o passado não. Coisas de escritores, que se há-de fazer. Escreve quem pode, lê quem gosta.

E eu, que faço parte do segundo grupo, li. E adorei! Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen faz-nos sentir de regresso à escola, quando tínhamos as aulas de história e os professores nos contavam o passado dos nossos reis e rainhas, do que aconteceu, quem casou com quem, que filhos nasceram. Há falhas na história como em qualquer história - afinal não estávamos lá, não sabemos se foi exactamente assim que se passou ou de outra forma - há lacunas. 

Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen está escrito como qualquer manual de história. E isso torna-o tão mas tão delicioso que nos dá vontade de continuar a ler, de saber mais daquele passado para percebermos o presente. Dum livro de fantasia! 

Acho que não estou a conseguir transmitir bem esta questão. Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen dá-nos a ideia que os Sete Reinos são reais, que tem um passado e um presente além da geografia. Torna real um livro de fantasia.

Sem dúvida é um livro que todos os fãs da Guerra dos Tronos (livros e/ou série) devem ler para melhor conhecerem o presente. 

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

(Já votaram nos Sapos do Ano?)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930