Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Química da Morte

por Magda L Pais, em 09.08.18

9895620.jpg

A Química da Morte de Simon Beckett

David Hunter #1

ISBN: 9789722336536

Editado em 2006 pela Editorial Presença

Sinopse

Ao fim de trinta segundos, a sua pele começa a arrepiar-se.

Ao fim de um minuto, o bater do seu coração ter-se-á tornado audível.

Ao virar a última página, dará graças por se tratar de uma obra de ficção.

Simon Beckett é um autor que rapidamente mobilizou a atenção de um público internacional com este seu primeiro thriller protagonizado por um especialista em antropologia forense. Após a perda da mulher e da filha de seis anos, David Hunter escolhe refugiar-se numa aldeia isolada de Norfolk, a tratar dos vivos, tentando esquecer a sua tragédia pessoal. Mas, mesmo aí, o destino obriga-o a lidar com aquilo de que ele pretende fugir...

A Química da Morte foi finalista do mais importante prémio deste género literário, o Duncan Lawrie Dagger Award de 2006.

A minha opinião

Temos um problema. Ou, aliás, eu tenho um problema. O dealer agora trabalha ao pé de mim e é muito mais fácil de me desencaminhar. A Química da Morte foi um dos últimos que lhe comprei e, depois de o ler, fiquei com a certeza que foi um excelente desvio à minha intenção de evitar comprar livros (que, na realidade, esta intenção não tem sido bem conseguida mas adiante).

Há já alguns livros atrás que não me arrepiava a ler um livro. Que não ficava com o estômago embrulhado com algumas descrições. Que não fechava o livro e as imagens ficavam no cérebro. N'A Química da Morte aconteceu tudo isso. 302 páginas de terror, um thriller misterioso quase completo como há muito não lia. Só não foi completo porque acertei em quem era o assassino. Ou melhor, acertei quem seria um dos assassinos. Era quase evidente que só poderia ser ele.

No entanto houve surpresas. Desagradáveis, nojentas, horripilantes. Que tornam A Química da Morte um dos melhores livros do género que nos prende desde as primeiras palavras até à última página. Literalmente do inicio ao fim.

A escrita é fluida, as personagens bem construídas e a história fabulosa. Até as explicações  técnicas - que, por norma, tendem a ser aborrecidas - são dadas de forma simples e fácil de perceber.

Uma excelente descoberta, em suma. 

Classificação:  

May we meet again 

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

De Sofia a 09.08.2018 às 11:11

Gostei logo do título, deixa cá ler o resto!

De Sofia a 09.08.2018 às 11:14

Oh, caraças porque é que vais desencaminhar também!

De Sofia a 09.08.2018 às 11:23

Sim , já sabes que isto é a minha cara e depois de uma crítica destas!
Será que esta pode emprestar?

De Magda L Pais a 09.08.2018 às 11:24

claro. manda-me a morada no facebook que amanhã já segue viagem

De Sofia a 09.08.2018 às 11:30

Magda, envio-te por email que eu, não tenho face! Lol Pode ser?

De Magda L Pais a 09.08.2018 às 11:31

ahahahahaha claro :)

De Magda L Pais a 09.08.2018 às 12:40

Tens o endereço de email, certo?

De Sofia a 09.08.2018 às 12:43

Oui, vai lá espreitar!

De Simple Girl a 09.08.2018 às 12:38

Já o li e adorei! Aliás, adorei os três livros do autor
Beijinho*

De Magda L Pais a 09.08.2018 às 12:40

Vou começar hoje o segundo volume :)

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.