Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cidade sem Alma

por Magda L Pais, em 08.09.16

25748200.jpg

Cidade sem Alma de Ransom Riggs 

ISBN: 9789722529693

Editado em 2015 pela Bertrand Editora

Sinopse

Jacob Portman chegou ao Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares em busca de respostas para a misteriosa morte do seu avô - mas encontrou ainda mais mistérios…

Depois de viajar no tempo até 1940, Jacob conhece as crianças peculiares - rapazes e raparigas com poderes sobrenaturais -, e a senhora Peregrine, que toma conta delas e as protege das perigosas criaturas que parecem determinadas a exterminá-las. Quando o lar é destruído e a senhora Peregrine fica em perigo, Jacob, com os seus recém-descobertos poderes, junta-se aos seus novos amigos para tentarem salvá-la. Contudo, as ruas de Londres durante a Segunda Guerra Mundial não são nada seguras para um grupo de crianças sozinhas…

A aventura d'O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares continua em Cidade sem Alma, onde Jacob e os seus amigos têm de enfrentar desafios inimagináveis para se salvarem.

A minha opinião

O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares foi, sem dúvida, uma experiência inigualável pela junção perfeita entre as fotos, a capa e a história (estragada pela visão da capa da nova edição que desvirtua completamente um casamento perfeito). Em Cidade sem Alma a experiência já não surpreende tanto mas o casamento continua perfeito. Capa, fotos interiores e texto combinam-se de modo a permitir, ao leitor, usufruir deste livro em toda a sua plenitude. Porque é isso que este livro merece.

A leitura de ambos - O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares e Cidade sem alma - flui com bastante facilidade, e a curiosidade sobre a história leva-nos a quer ler "só" mais uma página, só mais um capitulo. E quando damos por nós... o livro acabou, não há mais nenhum editado em português e aquele final precisa mesmo mesmo de ser esclarecido rapidamente. 

É curioso que, falando do final mas sem falar realmente do final, quando termina o primeiro livro ficamos convencidos duma determinada situação que, vá, até nos deixa aliviados. Prontos para ler o segundo, mas com uma ponta resolvida. Quando termina termina o segundo livro e percebemos que fomos redondamente enganados, ficamos meio tontinhos e quase que nos apetece recomeçar do principio a ver se o fim muda (não, não muda!). Gosto de livros assim, que nos deixam baralhados e sem saber bem o que se está a passar. Vale a pena ler livros assim. 

(leiam aqui as primeiras páginas)

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

De Sofia Margarida a 08.09.2016 às 17:24

Vocês andam a deixar me curiosa :D

De Magda L Pais a 09.09.2016 às 13:11

tens mesmo de ler que valem a pena. E as fotos são lindissimas

De Sofia Margarida a 09.09.2016 às 14:21

E não vou ficar assustada com a história? Não sou fã de terror :p

De Magda L Pais a 09.09.2016 às 17:27

não tem nada de terror. a história é diferente, tem fantasia, claro, mas nada de terror

De Sofia Margarida a 09.09.2016 às 17:28

Assim fico mais convencida :P

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930