Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dois ao mesmo tempo ou um de cada vez?

por Magda L Pais, em 07.02.17

28080_452857284790234_1669087879_n.jpg

Apesar do título ser sujeito a diversas interpretações, a verdade é que estou a falar do tema do costume neste recanto. Ou seja, livros, claro.

Sempre gostei de ler um livro de cada vez. Para mim cada livro é único e merece ser tratado como tal. Faz-me (ou fazia) alguma confusão ouvir por ai que estavam a ler dois, três ou seis livros ao mesmo tempo. E as histórias? As personagens? Não se misturam, não se sentem traídas?

Nunca tive curiosidade em experimentar esta bigamia de livros até ao dia em que cedi à tentação.

O Poço da Ascensão de Brandon Sanderson, com 736 páginas, andava pelas prateleiras à espera das férias. Sempre que acabava um livro olhava para ele com vontade de o ler (é uma das melhores sagas de fantasia que já li, sem dúvida) mas o peso (literal) do livro fazia-me pensar duas vezes. Um dia não resisti. Peguei nele e trouxe-o para o meu local de trabalho. Assim não pesa no ombro e, todos os dias de trabalho, ao almoço, leio algumas páginas.

Ao mesmo tempo, e nas minhas viagens de transportes públicos, fui lendo as Crónicas do Mal de Amor de Elena Ferrante. E agora, porque ainda não acabei O Poço da Ascensão, estou a ler O Plano Infinito de Isabel Allende, último livro secreto do primeiro grupo.

Mentirei se vos dizer que gosto desta situação. Quando estou a ler, à hora de almoço, penso no livro que leio nos transportes públicos. E quando estou a ler nos transportes públicos, penso no livro que me acompanha o almoço. Não me consigo, realmente, habituar a isto.

Creio que só voltarei a passar pelo mesmo quando tiver algum livro maiorzito para ler. Os meus ombros e a coluna certamente que agradecem. Mas prefiro, sem sombra de dúvida, ler um de cada vez.

E vocês? Um de cada vez ou dois ao mesmo tempo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


2 comentários

De Su a 08.02.2017 às 11:27

Olá,

Por acaso, também acho esta questão muito pertinente. Nos dois últimos anos participei em desafios literários e,  portanto, muitas vezes lia um livro para uma das categorias, e, ao mesmo tempo, lá ia lendo um escolhido por mim.
No final do ano passado desisti disto. Não gosto. Não misturava personagens, mas sentia que certos factores mais dramáticos de um livro se perdiam, porque não estava imersa o suficiente nele...
Não há nada como nos mantermos a "monogamia" (aproveitando a tua expressão) na leitura :D (a não ser que interrompamos um livro para ler contos. É diferente...)

bejinhos e boas leituras

Voyage - Páginas de Viagem
(http://http://paginasdeviagem.blogspot.pt/)

De Magda L Pais a 08.02.2017 às 11:38

Ainda está uma questão que me leva a não participar em muitos desafios literários (na verdade só participo num, no livro secreto). Tenho imensos livros em casa que quero ler e como me sinto monógama, não conseguiria ler dois ou três ao mesmo tempo.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728