Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Em tudo na vida

por Magda L Pais, em 08.10.15

É mesmo assim, não é? quanto menos amor pomos nas coisas, mais parecidas se tornam. É como as histórias, embora todos as conheçam, se as contares com amor, não sei, parecem novas. Digo eu.

In O Viajante do século de Andrés Neuman

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De Paula a 08.10.2015 às 08:47

Ontem, a ver os extras de "Mentira" (Shadow of a Doubt) de Hitchcok, a acritz principal do filme conta que o realizador não quis que ela lesse o guião, mas que esperasse que ele lhe contasse a história do filme e ficou fascinada quando tal aconteceu.
Uma história bem contada faz toda a diferença!

De Magda L Pais a 08.10.2015 às 12:18

é verdade sim, A mesma história pode ser mais ou menos interessante conforme a pessoa que a conta

De Maria das Palavras a 08.10.2015 às 14:52

Como fazer um bolo. Juro que o melhor fermento é fazê-lo com amor. 

De Magda L Pais a 08.10.2015 às 15:00

e eu, apesar de quase não cozinhar, confirmo

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031