Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




IT – A Coisa

por Magda L Pais, em 25.02.19

22613112.jpg

IT – A Coisa de Stephen King

Livro #1

Tradução de Cristina Lourenço e Maria João Lourenço

ISBN: 9789722535670

Editado em 2018 pela Bertrand Editora

Sinopse

O clássico de King sobre sete adultos que regressam ao lugar onde cresceram para enfrentar um pesadelo que todos eles lá viveram… algo maléfico e sem nome: a Coisa.

Bem-vindos a Derry, no Maine. Uma cidade vulgar: familiar, ordeira e, na maior parte das vezes, um bom sítio para viver.

Mas há um grupo de crianças que sabe que há algo de tremendamente errado com Derry. É nos esgotos da cidade que a Coisa se esconde, à espreita, à espera… e às vezes sobe ao solo, tomando a forma de todos os pesadelos, do maior medo que se encerra dentro de cada um de nós.

O tempo passa, as crianças crescem e esquecem. Mas a promessa que fizeram há vinte e oito anos exige-lhes que voltem à cidade da infância para enfrentarem o mal que se agita bem no fundo da memória de todos e emerge agora, uma vez mais, trazendo novamente o pesadelo e o terror ao presente.

A minha opinião

Tenho uma relação bipolar com Stephen King. O Pistoleiro é talvez um dos piores livros que já li (e só o li tudo porque vários blogs/sites/criticas) diziam que o inicio era chato mas que depois melhorava (não melhorou!) e 22-11-63 é, não só um excelente livro mas também uma excelente série televisiva. Misery e The Shining são livros que nos fazem olhar ao nosso redor ainda assim não se vá apanhar um susto. E It - A Coisa é tão mas tão seca que só me apetecia atirar o livro ao rio (mas dado que o estava a ler no meu Kobo achei melhor não arriscar).

Enquanto livro de terror,  It - A Coisa nem as crianças assusta. Nem por um momento tive a mínima sensação de terror. Nem por um momento tive de olhar por cima do ombro ou deixar de ler porque era excessivo. It - A Coisa é morno, chato, deu-me sono

(demorei quase 20 dias a ler este livro. E se é verdade que, nesta altura do ano, por razões profissionais, leio menos e demoro mais tempo com cada livro, também é verdade que, algumas vezes, preferi jogar no telemóvel a qualquer coisa ou mesmo dormir no comboio em vez de ler. E isso, meus caros, é sinal que o livro não me prende)

e, acima de tudo, deu-me vontade de parar a leitura. Só não o fiz na esperança que melhorasse. E, de facto, este primeiro volume melhora no final, deixando-me com vontade de comprar o segundo volume. Não que espere que venha a ser um livro ao nível de Misery ou The Shining mas na esperança que, pelo menos, valha 3 estrelas...

Classificação:  

Leia aqui as primeiras páginas e veja o booktrailer do filme

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

De omeumaiorsonho a 25.02.2019 às 10:32

Eu vi o filme ;) até não desgostei mas esperava mais!

De Edite a 26.02.2019 às 08:59

Eu vi o filme e não gostei nada. Portanto, depois de ler a tua opinião está confirmado que não vou ler o livro.

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728