Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Salva-me

por Magda L Pais, em 03.01.17

salva-me.jpg

Salva-me de Guillaume Musso 

ISBN: 9789722515368
Editado em 2007 pela Bertrand Editora
 
Sinopse

Uma história encantadora repleta de fantasia, suspense e amor.
O insólito encontro entre Juliette e Sam é explosivo e mágico. Mas o apaixonado fim-de-semana que vivem juntos é maculado pela mentira. Sam, viúvo, diz ser casado; Juliette, empregada num café, diz ser advogada.
Juliette tem de regressar a Paris e Sam acompanha-a ao aeroporto. É o instante decisivo em que o destino de ambos pode mudar, mas nem um nem outro ousa pronunciar as palavras necessárias.
Meia hora mais tarde, chega a notícia: o avião de Juliette explodiu em pleno voo. Sam é agora um homem desesperado. Está longe de imaginar que a história deles não acaba aqui...

 

A minha opinião

Salva-me mistura, de forma magistral, a fantasia e a realidade, numa história enternecedora e que nos prende da primeira à ultima página, deixando-nos a duvidar do que lemos e levando-nos a questionar o que faríamos em cada uma dos diversos acontecimentos que se sucedem vertiginosamente.

Salva-me é também uma história de segundas oportunidades. De personagens por quem acabamos a torcer, que nos atraem e por quem torcemos. Mesmo quando sabemos como acaba a sua história.

Este livro foi a minha estreia com Guillaume Musso mas não será, com certeza, o último livro que leio dele. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

De Mula a 03.01.2017 às 23:50

Conheci Musso pelas mãos da minha prima, que sempre que a via ela tinha um livro na mão dele, só que em francês e eu e o francês não nos damos assim tão bem, mas ela falava-me tão bem das histórias dele que eu ficava sempre muito curiosa. Um dia ela numa visita aqui em portugal a uma livraria encontrou livros dele e ofereceu-me, e apaixonei-me. Destaco e sugiro-te o "Estarás aí?" que também junta o imaginário com o real enquanto nos coloca questões que parecem de fácil resolução mas... não são! Quero muito ler A Rapariga de Papel.

De Tânia Tanocas a 04.01.2017 às 03:00

Adoro Guillaume Musso, muitas pessoas acham que é uma espécie de Paulo Coelho, eu acho que é muito superior, alguns livros têm os seus clichés, mas é sempre agradável entrar num livro do autor... 
Beijokas Image

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031