Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os Olhos de Ana Marta

por Magda L Pais, em 27.02.19

os olhos de ana marta.jpg

Os Olhos de Ana Marta de Alice Vieira

ISBN: 9789722123402

Editado em 2007 pela Editorial Caminho

Sinopse

Os Olhos de Ana Marta é classificado por alguns críticos como o melhor romance de Alice Vieira, pela construção das personagens, a estrutura narrativa e a concepção da história, que por vezes lembra uma misteriosa história policial. A mãe de Marta (a protagonista, de 11 anos) não quer que lhe chamem mãe. A casa tem muitos quartos misteriosamente fechados. Marta sente nas paredes dois olhos que a seguem. Página a página, o segredo vai-se desvendando, e Marta consegue conquistar o coração da mãe.

A minha opinião

Alice Vieira é - sem a menor dúvida - e a par de Luísa Ducla Soares, a excelência em forma de escrita. A ternura que emana de cada um dos seus livros (e, para mim, Rosa, minha irmã Rosa, é o expoente máximo da ternura, o melhor livro desta autora) envolve-nos da primeira à última página, não deixando seja quem for indiferente.

Os Olhos de Ana Marta é uma carta. Uma carta de Marta, uma jovem de 11 anos a alguém - a outra - que só nos é revelado no final, apesar dos inúmeros indícios ao longo do livro. 

Ela é uma pessoa. E as pessoas não podem nunca substituir outras pessoas. As pessoas não são bonecas. Quando as bonecas de porcelana se partem, a gente vai à loja e compra outra para pôr no seu lugar. Mas as pessoas não se podem ir comprar às lojas para se colocarem nas prateleiras...

A sensibilidade e a ternura juntam-se em cada momento, enquanto Marta - que acha que foi trocada na maternidade e que espera que a mãe verdadeira a venha buscar, já que Flávia lhe diz que não quer ser tratada por mãe que já não tem idade para ser mãe de ninguém - vai tentando perceber o que se passa em seu redor, porque é que há tantos quartos fechados e porque é que os pais nunca a abraçam nem a tratam pelo seu nome.

E, quando finalmente percebe, quando o mistério fica esclarecido - para Marta e para nós - é altura de deixarmos esta família para curar as suas feridas.

Excelente! excelente livro que recomendo a todos, de todas as idades.

Classificação: 

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Código D'Avintes

por Magda L Pais, em 01.03.17

5949137.jpg

O Código D'Avintes de Alice Vieira, José Jorge Letria, Luísa Beltrão, José Fanha, Mário Zambujal, Rosa Lobato de Faria e João Aguiar

ISBN: 9789895552153

Editado em 2006 pela Oficina do Livro

Sinopse

Os sete autores de Os Novos Mistérios de Sintra reincidem no estilo corrida de estafetas de onde resulta uma apaixonante trama, de mistérios e amores, surpresas e humor. O mistério da infância de Jesus Cristo acaba por ser revelado nas margens do rio Douro.

Tudo começa em torno da trama sinistra do Conclave dos Cavaleiros Teutónicos da Nova Ordem que quer dominar o mundo sem olhar a meios.

Por seu lado, Isaías Pires, professor de medicina expulso da Ordem por práticas pouco ortodoxas, pertencente a uma outra organização que se opõe aos intuitos pérfidos do Conclave, sofre um trauma e desata a falar aramaico, língua corrente no tempo de Cristo na Palestina e logo a seguir começam a morrer patos e pombos por todos os cantos.

De repente, todos os personagens, o anjo Gabriel e a sua Sara, Lilith, delirante diva, a Arminda do bar do hospital, o doutor Fraga, a padeira de Avintes, o ex-inspector Nuno Costa, o professor Aquilino, especialista em línguas mortas, e outros mais, bons e maus, desatam a procurar antiquíssimas relíquias sagradas que podem conferir um poder indescritível àqueles que as possuírem.

O cúmulo é que a chave do código para chegar a essas relíquias está escondido justamente numa bela terra à beira do Douro e, por isso mesmo, ficará para sempre conhecido por O Código d'Avintes.

A minha opinião

Começou a segunda série do livro secreto e calhou-me, em sorte, este livro do qual nunca tinha ouvido falar. Erro meu, eu sei. Aliás, na verdade, nem deste nem dos outros dois ou três escritos pela mesma equipa mas não em equipa. Basicamente, cada autor teve direito a escrever um capitulo tendo por base apenas e só os capítulos anteriores. Uma semana a cada um e andemos para a frente.

Nota-se, por isso, algum "desencadeamento" na história mas, ainda assim, resulta bem. Não é complicado de ler, tem algumas situações brilhantes (em que se notou que o autor daquele capitulo quis mesmo deixar uma batata quente para o seguinte) mas, ainda assim, a história acaba por fazer algum sentido. 

Acho, honestamente, que só excelentes escritores - como os que fazem parte desta trupe - conseguiriam um trabalho desta envergadura. Ainda que não seja um livro excelente e ainda que haja partes melhores que outras, vale a pena ler.

(Leia aqui as primeiras páginas)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Junho 2020

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930