Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen

por Magda L Pais, em 14.12.18

42832699.jpg

Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen de George R. R. Martin 

Volume 1, Parte 1

ISBN: 9789897731365

Ilustração: Doug Wheatley 

Tradução: Jorge Candeias

Editado em 2018 pela Saída de Emergência

Sinopse

A emocionante história dos Targaryen ganha vida neste trabalho magistral do autor de As Crónicas de Gelo e Fogo.

A Casa Targaryen governa Westeros. O Velho Rei e a Boa Rainha morreram. Os herdeiros do Dragão perfilam-se para a sucessão numa época aparentemente tranquila. Mas as sementes da guerra ameaçam estes tempos de paz e a ambição levará a uma batalha feroz pela posse do tão ambicionado Trono de Ferro.

Porque foi a Dança dos Dragões tão devastadora para os Sete Reinos? Quem é o legítimo herdeiro do Dragão? E que papel desempenhou a Casa Stark nesta luta de poder?  Estas são algumas das questões a este livro dá resposta pela mão de um reconhecido meistre da Cidadela e das quarenta e seis ilustrações a preto e branco.

Sangue & Fogo apresenta pela primeira vez o relato completo da dinastia Targaryen, permitindo uma compreensão perfeita da fascinante, dinâmica e por vezes sangrenta história de Westeros.”

A minha opinião

Quando li a série "Guerra dos Tronos" (muito antes de se ter transformado na série televisiva de sucesso que todos conhecem), passei por várias fases: o primeiro livro demorou a pegar, enrolei algumas páginas, achei demasiado confuso e demasiado sem jeito. Mas, ao mesmo tempo, despertou-me curiosidade pela novidade de ser um livro onde nenhuma personagem (boa ou má) está livre da morte. E então optei por continuar a ler e o que é certo é que devorei os livros seguintes até chegar ao último editado que voltou a ter o mesmo problema do primeiro e que demorei séculos a acabar. 

Claro que, apesar disso, estaria na disposição de ler a continuação se  George R. R. Martin tivesse a amabilidade de a escrever...Entretanto veio a série televisiva que está bem mais avançada que os livros e pronto, problema resolvido.

Fiquei, por isso, surpresa, quando Sangue e Fogo foi editado. Quer dizer... avançar na história está difícil mas contar o passado não. Coisas de escritores, que se há-de fazer. Escreve quem pode, lê quem gosta.

E eu, que faço parte do segundo grupo, li. E adorei! Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen faz-nos sentir de regresso à escola, quando tínhamos as aulas de história e os professores nos contavam o passado dos nossos reis e rainhas, do que aconteceu, quem casou com quem, que filhos nasceram. Há falhas na história como em qualquer história - afinal não estávamos lá, não sabemos se foi exactamente assim que se passou ou de outra forma - há lacunas. 

Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen está escrito como qualquer manual de história. E isso torna-o tão mas tão delicioso que nos dá vontade de continuar a ler, de saber mais daquele passado para percebermos o presente. Dum livro de fantasia! 

Acho que não estou a conseguir transmitir bem esta questão. Sangue e Fogo - A História dos Reis Targaryen dá-nos a ideia que os Sete Reinos são reais, que tem um passado e um presente além da geografia. Torna real um livro de fantasia.

Sem dúvida é um livro que todos os fãs da Guerra dos Tronos (livros e/ou série) devem ler para melhor conhecerem o presente. 

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

(Já votaram nos Sapos do Ano?)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mulheres Perigosas

por Magda L Pais, em 20.11.17

 

36056586 (1).jpg

Mulheres Perigosas de George R. R. Martin e Gardner Dozois

ISBN: 9789897730740

Editado em 2017 pela Saída de Emergência

Sinopse

Atenção: o perigo está à espreita perto destas mulheres!

Se procura um livro em que mulheres infelizes ficam a choramingar de pavor enquanto o herói masculino combate o monstro ou choca espadas com o vilão, este livro não é para si. Aqui encontrará mulheres guerreiras que brandem espadas, intrépidas pilotos de caças, formidáveis super-heroínas, femmes fatale astutas e sedutoras, feiticeiras, más raparigas duronas, bandidas e rebeldes, sobreviventes endurecidas em futuros pós-apocalípticos, rainhas altivas que governam nações e cujas invejas e ambições enviam milhares para mortes macabras, mulheres que não hesitam em assumir a liderança para defenderem aquilo em que acreditam.

Com organização de George R. R. Martin, que assina igualmente um conto passado no mundo de Westeros, e de Gardner Dozois, esta é uma antologia que cruza géneros literários e mistura todos os tipos de ficção, desde Megan Abbott a Brandon Sanderson.

A minha opinião

Acho sempre interessante ler livros escritos a várias mãos, em que todos os autores escrevem sobre o mesmo tema. Mulheres Perigosas é exactamente esse género de livro. Onze contos, cada um de um autor diferente, sobre o tema Mulheres.

Os contos/autores foram os seguintes, por ordem: 

  • Completamente perdida - Joe Abercrombie
  • Ou o meu coração está destroçado - Megan Abbott
  • As mãos que não estão lá - Melinda M Snodgrass
  • Raisa Stepanova - Carrie Vaughn
  • Eu sei escolhê-las a dedo - Lawrence Block
  • Sombras para silêncio nas florestas do inferno - Brandon Sanderson
  • Uma rainha no exilio - Sharon Kay Penman
  • A rapariga no espelho - Lev Grossman
  • Dar nome à fera - Sam Sykes
  • As mentiras que a minha mãe me contou - Caroline Spector
  • A princesa e a rainha ou os negros e os verdes - George R.R. Martin

O facto de serem onze histórias, com onze escritas diferentes, complica no momento em que queremos avaliar e comentar um livro. Mentir-vos-ia se dissesse que tinha gostado de todos da mesma forma ou que todos são excepcionais ou ainda que nenhum prestava. Como o meu compromisso comigo e convosco é de honestidade, vamos lá ver como é que descalço esta bota.

O primeiro conto - Completamente Perdida - fez, para mim, jus ao nome. Cheguei ao fim do conto completamente perdida e sem perceber bem a história ou o final, fazendo-me temer pela minha sanidade mental ao longo do restante livro.

Felizmente Megan Abbott veio logo a seguir e restabeleceu a minha fé no livro, que se manteve até ao final. Claro que, sem surpresas para mim, Sombras para silêncio nas florestas do inferno de Brandon Sanderson é o melhor conto do livro (uma história a merecer um livro autónomo ou, até, quem sabe, uma trilogia), o que não invalida que os restantes contos sejam bons ou muito bons.

Num imaginário podium dos contos incluídos neste livro, Raisa Stepanova de Carrie Vaughn ficaria num honroso segundo lugar, tendo-me deixado com vontade de ler mais desta autora que me era desconhecida.

A princesa e a rainha ou os negros e os verdes de George R.R. Martin termina esta antologia sobre mulheres perigosas, levando-nos até Westeros, numa forma de mitigarmos as saudades que já sentimos da A Guerra dos Tronos. 

Li algures que haveria um segundo volume subordinado ao mesmo tema. Pois bem, a vós recomendo que leiam este primeiro volume e, para mim, espero que o segundo volume - se existe - não tarde a aparecer por ai, com estes ou outros autores.  

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação:

(este livro foi-me oferecido pela Editora Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Junho 2019

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30