Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Coração de Dragão

por Magda L Pais, em 27.09.20

coração dragão.jpg

Coração de Dragão de Sherrilyn Kenyon

Predadores da Noite #24

Editado em Setembro de 2020 pela Saída de Emergência

ISBN: 9789897104220

Sinopse

Nas sombras, um inimigo aguarda pacientemente pelo confronto decisivo…

Há séculos que Maxis Drago vive em reclusão as consequências do seu trágico destino. O residente mais misterioso e reservado do Santuário perdeu a sua mulher, e tudo o que tinha, às mãos de um rival implacável que jurou vê-lo cair. Desde então, vagueia taciturno e com as suas enormes asas fechadas. Todos dizem que não pode voar. Mas o destino age de formas misteriosas e perversas e ainda tem reservadas algumas surpresas.

Quando os velhos inimigos de Maxis regressam com sede de vingança, o campo de batalha escolhido é a moderna Nova Orleães. Num confronto final há muito adiado, dois dragões irão enfrentar-se num conflito com consequências imprevisíveis...

A minha opinião

É quase impossível dizer algo de novo depois de 24 livros da saga predadores na noite com a qual – finalmente – estou em dia.

Coração de Dragão, mais uma vez, traz-nos uma história original com diálogos bem construídos. Algum humor misturado com drama. Personagens fortes e bem construídas e momentos de tensão em que tudo pode correr mal mas que acabam bem. Erotismo e fantasia, ambos em doses certas e sem excessos.

Acheron e Styxx – os meus favoritos – aparecem de relance neste livro. E confesso que, por eles, esta série pode continuar enquanto a caneta da autora queira. É verdade que, ao fim de tanto livro (24) há momentos em que se torna difícil relembrar quem é quem. Mas, felizmente, até agora, tem bastado continuar a leitura e as personagens – as boas e as más – acabam por se encaixar na perfeição.

Max e Seraphina também me conquistaram neste Coração de Dragão, mostrando que aceitar as diferenças é, às vezes, tão importante como encontrar as semelhanças.

Por fim, o final do livro deixa-nos com água na boca para o próximo. Esperemos que não demore muito...

 

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

May we meet again

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conheces o meu blog generalista?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Predadores da Noite

por Magda L Pais, em 15.04.20

final.PNG

Isolamento e teletrabalho são inimigos de quem, como eu, gosta de ler. Era nas viagens de comboio que mais lia, seguido de perto pela hora de almoço. Hoje e enquanto estiver em teletrabalho (já passou um mês, sabe-se lá quanto mais tempo será preciso) não há viagens de comboio e os almoços são em família.

De qualquer maneira, ao fim de semana e quando "saio" do trabalho aproveito para ler. Ainda que seja menos tempo de cada vez, ler é sempre bom, seja o tempo que for. E, como não tenho de andar com os livros às costas, estou a ler os livros físicos que estão ali na estante da vergonha.

Andava a ler os livros desta série fabulosa intercalados com outros. Mas, há um mês atrás, pensei: porque não ler todos os que me faltam de seguida? se bem pensei, depressa o fiz. Encomendei os dois que me faltavam (obrigado Saída de Emergência, que, apesar das condicionantes, me enviou os livros encomendados num instantinho) e fiquei com a colecção completa (ou pelo menos completa até ao último que saiu... agora é esperar que o Festival Bang se realize para escolher quais é que quero que a autora assine).

E também porque os li de seguida optei por fazer apenas um post comum a todos. E que se pode aplicar a todos os livros desta saga.

Predadores da Noite é uma das melhores séries de fantasia que li. Mistura - de forma brilhante - mitologia, fantasia, erotismo e romance, sempre com uma pitada de humor. Os diálogos são brilhantes e bem dispostos. As personagens bem construidas e - mesmo quando se transformam em demónios ou deuses - conseguem se-lo de forma credível (ou tão credível quanto pode ser um demónio...).

A cada livro Sherrilyn Kenyon reinventa a escrita, criando histórias novas e sem paralelo nos livros anteriores. A cada livro conhecemos mais um pouco do mundo mitológico e fantástico que a autora criou, onde ser atlante e 11 000 anos de idade é normal (sim, Acheron e Styxx, estou a falar de vós os dois). A cada livro uma história, novas personagens principais mas com as anteriores por perto. E, acima de tudo, a cada livro a promessa de que o próximo livro não vai desiludir, deixando sempre detalhes em aberto.

Confesso... o meu grande receio é que, um dia, a autora deixe de escrever e não possa terminar a história. Esse será o dia em que acharei que Thorn e Acheron perderam...

Os livros desta série estão à venda aqui (onde também podem encontrar as sinopses de todos eles).

May we meet again

Let’s make blogs great again!

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conheces o meu blog generalista?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Styxx

por Magda L Pais, em 28.11.19

styxx.jpg

Styxx (parte II) de Sherrilyn Kenyon

Predadores da Noite #23

ISBN: 9789897103520

Editado em 2019 pelas Edições Chá das Cinco

Sinopse

Conseguirá Styxx voltar a confiar depois de onze mil anos de traição?

Depois de séculos a lutar contra Acheron, Styxx tem finalmente a oportunidade de provar a sua lealdade ao irmão, juntando‑se a ele na busca pelo antigo mal que foi libertado e que está à procura de vingança. Mas Styxx não confia facilmente, e o desafio de lutar ao lado do irmão revela‑se uma tarefa digna dos deuses.

Porém, a realidade nem sempre é tão clara como parece, e quando Bethany surge novamente na vida de Styxx, o guerreiro terá de escolher entre a mulher que um dia foi dona do seu coração e o irmão em quem está a aprender a confiar.

Conseguirá Styxx pôr o passado de lado e confiar naqueles que poderão salvar o mundo? Ou o destino da humanidade está em risco devido a séculos de traição?

A minha opinião

Correndo o risco de repetir o que disse quando li a primeira parte deste livroStyxx é o melhor livro da série predadores da noite. Sherrilyn Kenyon consegue que, depois de tantos livros a odiar Styxx, deixemos esse ódio de parte e se consiga ver o seu lado da história (seguindo, aliás, o conselho de Acheron, que nos diz - em quase todos os livros, que cada história tem tantos lados quantos aqueles que estão envolvidos, para além da verdade do que realmente aconteceu).

Styxx revolta o estômago. Está tão bem escrito assim. Por mais que pensemos que é apenas um livro, as descrições das torturas a que Styxx é sujeito durante anos (mais 3 anos que Acheron) revoltam o estômago. Da mesma forma que o amor e carinho entre Bethany  e Styxx nos aquece o coração (ainda que seja um cubo de gelo como o meu...)

A empatia que sentimos com Styxx é tão real que dei por mim a sorrir com as suas pequenas conquistas e a arrepiar-me com o seu sofrimento. 

E, quando finalmente estava a chegar ao fim da leitura (apenas 48 horas depois de a ter começado, apesar das suas quinhentas e poucas páginas), fiquei com aquela sensação de que já tinha saudades - a dum livro que vai precisar que eu faça o seu luto, que o absorva sem o macular com outra leitura desta série.

Sem dúvida que Styxx (ambas as partes) está no top 5 dos livros lidos este ano (e sim, vou só considerar como um livro apesar de ter sido editado em duas partes).

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

(este livro foi-me oferecido pela Saída de Emergência em troca duma opinião honesta e sincera)

May we meet again

Conheces o desafio de escrita dos Pássaros?

Já podes votar nos finalistas dos Sapos do Ano 2019

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conheces o meu blog generalista?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Diabo também chora

por Magda L Pais, em 05.09.19

diabo.jpg

O Diabo também Chora de Sherrilyn Kenyon

Predadores da noite #12

ISBN: 9789897100369

Editado em 2012 pelas Edições Chá das Cinco

Sinopse

Sin, um antigo deus Sumério, era um dos mais poderosos do seu panteão… até à noite em que Ártemis lhe roubou a divindade e o deixou a um passo da morte.

Durante milénios, o ex-deus convertido em Predador da Noite procurou recuperar os seus poderes e vingar-se de Ártemis. Mas agora tem peixes mais graúdos — ou demónios mais graúdos — com que se preocupar. Os letais gallu, que tinham sido enterrados pelo seu panteão, começam a despertar e estão famintos de carne humana. O seu objectivo: destruir a humanidade. Sin é o único que os pode deter… se uma certa mulher não o matar primeiro.

E para quem apenas conheceu a traição, agora Sin terá de confiar numa pessoa que não hesitará em o entregar aos demónios. Ártemis pode ter roubado a sua divindade, mas outra mulher roubou-lhe o coração. A única pergunta é: irá ela mantê-lo… ou dá-lo a comer aos que o querem morto?

A minha opinião

Até o diabo pode chorar quando olha em volta do inferno e percebe que está sozinho

Fantasia e erotismo, romance e traição, amizade e ódio, humor e drama. O Diabo também Chora pega em todos estes ingredientes, junta-lhe algumas personagens fabulosas (Katra é, deste livro, claramente, a minha favorita, ou não fosse filha do pai) e temos um livro extraordinário (ou, na realidade, mais um livro extraordinário já que todos os livros da série Predadores na Noite são excelentes - É claro que, depois de Styxx e Acheron, todos os outros livros sabem a pouco)

Ainda que a base da história seja sempre a mesma - rapaz conhece rapariga, a coisa não corre bem mas apaixonam-se perdidamente - é a história individual de cada uma das personagens que torna cada livro único. E este não é excepção.

Continuo a achar que os livros desta saga podem ser lidos em separado. No entanto ganha-se bastante em ler de seguida, uma vez que há, nas personagens secundárias, um fio condutor que se perde ao se lerem separado.

Seja como for... o importante é que os leiam que valem realmente a pena.

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

May we meet again

Conheces o desafio de escrita dos Pássaros?

Já nomeaste os teus blogs favoritos para os Sapos do Ano 2019?

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conheces o meu blog generalista?

Autoria e outros dados (tags, etc)

À Solta na Noite

por Magda L Pais, em 19.08.19

à solta.jpg

À Solta na Noite de Sherrilyn Kenyon

Predadores na noite #9

Tradução de Eduardo Fernandes

ISBN: 9789897100178

Editado em 2011 pelas Edições Chá das Cinco

Sinopse

É um mundo cruel para os Predadores. O perigo espreita em cada esquina. Não há ninguém em quem possam confiar. Ninguém que possam amar. Não se quiserem continuar vivos...

Wren Tigarian era apenas uma cria órfã quando foi levado para o Santuário. Muitos veem-no como uma aberração - uma mistura proibida de duas espécies, pelo que se tornou um solitário, isolando-se tanto do contacto com os Predadores do Homem como com os humanos. Até conhecer Marguerite Goudeau. Filha de um notável senador dos EUA, Marguerite detesta a farsa social em que é obrigada a viver. Contudo, não tem outra opção senão tentar adaptar-se a um mundo onde se sente uma estranha. O mundo dos humanos nunca devia contactar com o dos Predadores do Homem, que habitam a seu lado, invisíveis, desconhecidos, indecifráveis. Mas para que possa proteger Marguerite, Wren terá de combater não apenas os humanos que nunca aceitarão a sua natureza animal, como também os Predadores do Homem que o querem ver morto. É uma corrida contra o tempo num mundo de magia sem fronteiras que lhes poderá custar não apenas a vida, mas a alma...

A minha opinião

Décimo quarto livro a contar para o bookbingo 2019, correspondente a

11. Um livro que se passe num local onde gostarias de passar férias

Não encontrei - cá em casa - nenhum livro que ainda não tivesse lido que se passasse na Sibéria, e como a ideia do desafio não passava por comprar livros, optei por outro destino que, não sendo preferencial, também gostava de conhecer: Nova Orleães.

Sherrilyn Kenyon é sempre uma aposta ganha para os fãs de fantasia, erotismo, romance. Em conjunto ou em separado, a saga Predadores na Noite é fabulosa em qualquer uma destas categorias. A escrita é sempre bem conseguida, prende-nos da primeira à última página mesmo naqueles momentos em que há repetição de outros livros da saga - e percebe-se, já que cada um dos livros pode ser lido em separado dos restantes, não havendo uma ordem especial para a leitura (apesar de haver uma ordem de publicação que podemos ou não seguir).

Esta é uma saga que vou lendo a espaços, com alguns livros de intervalo, dado que, sendo uma das minhas sagas favoritas, não a quero esgotar duma só vez. Aconselho-vos a fazerem o mesmo.

leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

May we meet again

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930