Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Rapariga no Gelo

por Magda L Pais, em 19.01.20

35274024._SY475_.jpg

A Rapariga No Gelo de Robert Bryndza

Detective Erika Foster #1

ISBN: 9789899970588

Editado em 2017 pela Alma dos Livros

Sinopse

Quando um rapaz descobre o corpo de uma mulher debaixo de uma espessa camada de gelo num parque do sul de Londres, a inspetora-chefe Erika Foster é imediatamente chamada para liderar a investigação. A vítima, uma jovem bela e rica da alta sociedade londrina, parecia ter a vida perfeita. No entanto, quando Erika começa a investigar o seu passado, vislumbra uma relação entre aquele homicídio e a morte de três prostitutas, encontradas estranguladas, com as mãos amarradas, abandonadas nas águas geladas de outros lagos de Londres.

A sua última investigação deu para o torto, e agora Erika tem a carreira presa por um fio. Ao mesmo tempo que luta contra os seus demónios pessoais, enfrenta um assassino altamente mortífero e que se aproxima tanto mais dela quanto mais próxima ela está de expor ao mundo toda a verdade. Conseguirá Erika apanhar o assassino antes de ele escolher a próxima vítima?

A minha opinião

Como sempre - Magda sendo Magda - e o primeiro livro que li desta série foi o sexto - não é que seja grave, até porque cada livro tem uma história principal mas, havendo uma ligação entre os livros, devia ter começado pelo primeiro.

Enfim...

Primeiro policial do ano (antes de me lançar na aventura de ler Os Miseráveis de Victor Hugo) e, ao mesmo tempo, primeiro thriller. Algumas descrições são tão vividas que, tive, de vez em quando, de interromper a leitura para respirar fundo (nem todas, nem todas).

As personagens estão muito bem construidas e confesso que fui surpreendida quer pelo autor do crime quer pelas razões que levaram a que acontecesse. São abordados, ao longo do livro, vários temas pertinentes e actuais. A escrita é fluida e prende a atenção.

A Rapariga no Gelo é um livro que não apetece largar. Fiquei com vontade de procurar os outros livros desta série.

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

May we meet again

já se inscreveram no segundo desafio de escrita dos Pássaros?

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conheces o meu blog generalista?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segredos Mortais

por Magda L Pais, em 16.08.19

segredos.jpg

Segredos Mortais de Robert Bryndza

ISBN: 9789898907424

Editado em 2018 pela Alma dos Livros

Sinopse

Numa manhã gelada de inverno, uma mulher acorda e encontra o corpo ensanguentado da filha à porta de casa. Quem seria capaz de tal atrocidade?

A detetive Erika Foster vive um momento de fragilidade devido ao último caso que resolveu, mas está decidida a liderar também esta investigação. Ao deitar mãos à obra, toma conhecimento de outros ataques cometidos na mesma zona pacata do sul de Londres onde o crime ocorreu. Um pormenor arrepiante liga-os ao homicídio - todas as vítimas foram atacadas por uma figura vestida de preto com uma máscara de gás.

Erika procura um assassino cujo cartão de visita é aterrorizante. O caso complica-se quando descobre a teia de segredos que rodeia a morte da bela jovem.

No entanto, ao juntar as pistas, Erika é forçada a confrontar memórias dolorosas do passado. Deve escavar bem fundo, manter-se concentrada e encontrar o assassino. Só que, desta vez, um elemento da sua equipa corre um perigo terrível...

A minha opinião

Décimo primeiro livro a contar para o bookbingo 2019, correspondente a

16. Um dos últimos livros que compraste

Tinha muita curiosidade neste livro, quer pela capa (que está muito bem conseguida) quer pelas críticas que li por essa blogosfera. Felizmente, apesar das expectativas estarem elevadas, não foram defraudadas.

Segredos Mortais é um policial típico. Uma morte, histórias ao seu redor, um suspeito que acaba por não o ser e o verdadeiro culpado só aparece nas últimas páginas depois de voltas e reviravoltas, sendo, muitas vezes, completamente inesperado. Apesar de obedecer a estes critérios que o tornam típico, este livro mostra ainda quanto os policias são seres humanos, com as suas fragilidades e erros e que, nem sempre, descobrem tudo à primeira.

A escrita é fluida, simples, sem grandes arabescos (que, muitas vezes, prejudicam e complicam a leitura). As personagens estão bem construidas, criam empatia e simpatia. A história tem uma cadência extraordinária que nos obriga a continuar a ler sem parar.

É, sem dúvida, um autor a seguir.

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

May we meet again

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Agosto 2020

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031