Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



À Luz Da Meia-Noite

por Magda L Pais, em 12.06.19

17207754.jpg

À Luz Da Meia-Noite de Sherrilyn Kenyon

Predadores da noite #12

Tradução de Ester Cortegano

ISBN: 9789897101816

Editado em 2015 pela Saída de Emergência

Sinopse

Conheçam Aidan O’ Conner. Uma celebridade generosa que tudo oferecia e nada pedia em troca… até ser enganado pelos que o rodeavam. Agora Aidan nada quer do mundo ou sequer fazer parte dele. Quando uma estranha mulher aparece à sua porta, Aidan sabe que já a viu antes… nos seus sonhos. Uma deusa nascida no Olimpo, Leta nada sabe do mundo dos humanos. Mas um inimigo implacável expulsou-a do mundo dos sonhos e para os braços do único homem capaz de a ajudar: Aidan. Os poderes imortais da deusa derivam de emoções humanas, e a raiva de Aidan é todo o combustível que precisa para se defender… Uma fria noite de inverno irá mudar as suas vidas para sempre… Aprisionados durante uma tempestade de inverno brutal, Aidan e Leta terão que conquistar a única coisa que os poderá salvar a ambos - ou destruí-los - a confiança. Conseguirão triunfar sobre todos os obstáculos?

A minha opinião

Depois de ler Dispara, eu já estou morto precisava com urgência de um livro leve, que não me obrigasse a pensar e que fosse de rápida leitura. Olhei para a estante da vergonha e este À Luz Da Meia-Noite sobressaiu quer por ser pequeno quer porque já sei que as histórias da saga Predadores da Noite são leves e de leitura fácil.

Mal sabia eu que, para além da história principal - a de Aiden e Leta - ainda teria o bónus de 3 contos passados no mesmo universo no período de Natal.

Infelizmente Acheron não entra na história de Aiden e Leta - o que é uma pena já que é uma das personagens marcantes de toda a saga mas depois encontramo-lo num dos contos, com Simi (que também é fabulosa). 

Confesso que À Luz Da Meia-Noite é, muito provavelmente, o mais fraco da série. Não sei se porque Aiden passa o livro quase todo a choramingar pelo que lhe aconteceu ou por ser tão pequeno que não nos permite ganhar carinho e empatia pelas personagens. De qualquer maneira é sempre um prazer ler Sherrilyn Kenyon, mesmo quando nos apetece bater na personagem principal por ser um choramingas...

(leia aqui as primeiras páginas)

Classificação: 

May we meet again

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Natal de um Predador da Noite

por Magda L Pais, em 25.12.18

9591213.jpg

Só para vos desejar a todos um bom Natal, com um pequeno conto que vale a pena ler, passado no universo dos Predadores da Noite. Se o quiserem ler, façam o download aqui
 
E lembrem-se:

— (...)Temos três tipos de família. Aqueles de quem nascemos, aqueles que nascem de nós e aqueles que deixamos entrar nos nossos corações. Eu deixei-te entrar no meu coração, por isso a Simi é a tua família e ela não abdicará de ti. Se agora estás triste, acho que é porque a tua família ainda está, também, no teu coração e estão a ocupar tanto espaço que não cabe lá mais ninguém.

— Não posso abdicar deles.

— E não deves fazê-lo. Nunca. Ninguém deve esquecer aqueles que ama, nunca. Mas é como com a QVC: sempre que eu encho o meu quarto com coisas a mais, o Akri constrói-me outro quarto. De alguma forma há sempre espaço para mais. O teu coração pode sempre expandir-se para acolher tantas pessoas quantas seja necessário. As pessoas que lá vivem, essas não se vão embora. Só tens de arranjar espaço para mais uma pessoa, e depois outra, e outra, e outra.

 

Classificação: 

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pecados na Noite

por Magda L Pais, em 07.11.18

12019227.jpg

 

Pecados na Noite de Sherrilyn Kenyon

Predadores da noite #8

ISBN: 9789897100130

Editado em 2011 pela Saída de Emergência

Sinopse

No universo dos Predadores da Noite existe um código de honra que até os imortais mais ousados devem seguir: Não magoar humanos. Não beber sangue. Nunca se apaixonar. Mas, de vez em quando, um Predador parece achar-se acima do código. É nessa altura que sou chamado. Quem sou eu? Sou a fúria que terá de enfrentar. Nada me pode tocar. Nada me pode deter. Sou implacável e insensível.

Ou assim pensava eu, até me cruzar com uma Predadora da Noite conhecida como Danger - e não o é apenas no nome, mas na forma como vive a vida. Não confia em mim. E quem sou eu para censurá-la? Apenas ela sabe que estou aqui para julgar, sentenciar e, muito provavelmente, executar os seus amigos.

Danger St. Richard é uma distração fatal. Algo nela conseguiu despertar um coração que eu julgava morto para sempre. Nesta corrida contra o mal, a única esperança da Humanidade é que eu cumpra o meu dever. Mas como poderei fazê-lo se isso significa sacrificar a única mulher que alguma vez amei?

A minha opinião

Fantasia, mitologia, romance, humor, erotismo. Por incluírem tudo isto, em doses certas e sem exageros (ou pelo menos sem exagero no romance e no erotismo), a saga Predadores da Noite é uma das minhas sagas favoritas. E digo saga porque, salvo erro, são - até agora - 21 livros. 20 editados pela Saida de Emergência e 1 (Acheroneditado pela Casa das Letras 

Claro que Sherrilyn Kenyon não é Anne Bishop, Robin Hodd ou Juliet Marrilier que, para mim, são os supra-sumos da fantasia (não, George RR Martin não entra no podium. Brandon Sanderson só não entra porque queria ler mais dele em português) mas, pelo percurso dela - da Sherrilyn Kenyon - e dos seus livros, é capaz de estar ali no top5.

Uma das coisas que realmente gosto é a possibilidade de cada um dos 21 livros poder ser lido de forma independente. Apesar de haver personagens comuns e de haver um pequeno fio condutor, cada livro conta-nos a história dum predador da noite. Ou, no caso de Pecados na Noite, do ser a que Acheron recorre quando precisa de meter os predadores da noite na ordem.

(vá-lá, os rapazes/raparigas vivem uns séculos e são imortais. Isso também lhes dá o direito de fazerem umas parvoíces de vez em quando, apesar de que, supostamente, a idade dá sabedoria. Ou então não).

Pecados na Noite é mais um livro que se lê num instantinho, que se devora enquanto se almoça ou se janta e que não queremos deixar de lado. Há só que ter algum cuidado para não se rirem em público, afinal pode haver quem ache que não é normal nos rirmos para um livro...

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Beijo da Noite

por Magda L Pais, em 06.11.18

9281306.jpg

O Beijo da Noite de Sherrilyn Kenyon

Predadores da noite #5

ISBN: 9789898032881

Editado em 2010 pela Saída de Emergência

Sinopse

Predador da Noite… um guerreiro imortal que entregou a alma a Ártemis por uma oportunidade de vingança contra os seus inimigos. Em troca, jurou passar a eternidade a proteger a humanidade dos daemon e dos vampiros que se alimentam dela.

O Predador da Noite Wulf é um antigo guerreiro viking com um poder útil mas muito irritante: amnésia. Ninguém que o conheça pessoalmente se lembra dele passados cinco minutos. Torna fáceis os engates de uma noite, mas difícil qualquer relacionamento mais sério e, sem encontrar o amor verdadeiro, não poderá recuperar a alma. Depois conheceu Cassandra, a única mulher capaz de se lembrar de si. No entanto, enquanto princesa da raça amaldiçoada que Wulf jurou caçar, ela está-lhe proibida…

Mais uma obra fenomenal que coloca Sherrilyn Kenyon directamente no topo do melhor romance paranormal.

A minha opinião

Tenho para mim que estou a fazer uma asneira tremenda com estes livros. Não com a sua leitura mas porque ando a ler, de enfiada, todos os livros que já saíram.

Enfim... depois, queixa-te, Magda, que ficas sem predadores da noite para ler...

O curioso deste livro é que algumas coisas entram em contradição com outras que li noutros livros. Não muitas mas talvez por os estar a ler muito próximos uns aos outros, tenho os acontecimentos ainda muito frescos, Mas nada de grave, nada que impeça a leitura ou que faça com que os livros sejam mais fracos.

Também curiosa é a história. E, no caso d'O Beijo da Noite, temos quase que um Romeu e Julieta dos tempos fantásticos já que os personagens principais pertencem a raças diferentes que, supostamente se devem odiar.

O Beijo da Noite tem ainda a vantagem adicional de nos mostrar como nem tudo é branco e branco, como a vida tem várias cores e que devemos tentar perceber tudo antes de tirarmos conclusões precipitadas. É tão bom como isso.

E, claro, há romance, há erotismo e há humor. Para além da fantasia, claro. Algumas personagens dão aqui uma perninha permitindo-nos matar algumas saudades.

Tudo em bom como convém.

Leia aqui as primeiras páginas

Classificação: 

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acheron

por Magda L Pais, em 24.10.18

7364421.jpg

Acheron de Sherrilyn Kenyon

Predadores da noite #14

ISBN: 9789724619255

Editado em 2009 pela Casa das Letras

Sinopse

Um deus nasceu há onze mil anos. Amaldiçoado num corpo humano, Acheron teve uma vida de sofrimento. A sua morte humana originou um horror indescritível que quase destruiu a Terra. Trazido de volta contra a sua vontade, tornou-se o único defensor da humanidade. Só que não foi assim tão simples...

Durante séculos, lutou pela nossa sobrevivência e escondeu um passado que não desejava revelar. Agora, tanto a sua sobrevivência, como a nossa, dependem da única mulher que o ameaça. Os velhos inimigos estão a despertar e a unir-se para matá-los - aos dois.

A minha opinião

Acheron é, muito provavelmente, o melhor livro de toda a série Predadores da Noite. É o mais completo, dado que acompanha a vida de Acheron - a mítica personagem transversal a toda a série - desde o nascimento até aos dias de hoje, permitindo-nos conhecer todas as razões para a sua maneira de ser, para as suas atitudes e para o seu comportamento.

Acheron é um livro cru, arrebatador e chocante. É talvez o mais emotivo, o mais violento e o que mais nos prende a atenção. É um livro que não se consegue largar, que queremos ler mais um bocadinho, só mais um bocadinho (ainda que faltem 200 páginas para o fim e esteja na hora de ir dormir).

Algumas descrições podem dar a volta ao estômago, só de imaginar o que ele terá passado. Mas, ao mesmo tempo, o amor de Ryssa pelo seu irmão torna tudo mais fácil.

Apesar de ter sido editado em 14º lugar, creio que este é um livro que se deverá ler ao inicio da série já que explica não só a vida de Acheron mas também como nasceram os Predadores da Noite, a relação entre Acheron e Artemis.

Quando acabei este livro, confesso, tive de pensar duas vezes se continuaria a ler a série de momento. Tenho por ali uns quantos em fila de espera, aos quais voltarei certamente em breve mas tive receio de que o próximo fique a perder em termos de comparação e acabe por não o aproveitar convenientemente.

Classificação: 

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

e

Não se esqueçam de nomear os vossos blogues favoritos para os Sapos do Ano 2018

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Junho 2019

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30