Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tempo de Matar

por Magda L Pais, em 26.05.20

tempo de matar.jpg

Tempo de Matar de John Grisham

Jake Brigance #1

Tradução de Aulyde Soares Rodrigues

ISBN: 9789722528344

Editado em 2015 pela Bertrand Editora

Sinopse

A vida de uma menina negra de dez anos termina às mãos de dois jovens brancos, bêbedos e sem remorsos. A população de Clanton, maioritariamente branca, reage com choque e horror a este crime desumano. Até que o pai da menina pega numa arma e decide fazer justiça com as suas próprias mãos.

Durante dez dias, ardem cruzes por toda a cidade de Clanton e o país aguarda, com grande expectativa, o desfecho deste caso, enquanto Jake Brigance, o advogado de defesa, tenta desesperadamente salvar a vida do seu cliente - e depois a sua.

A minha opinião

Sou fã incondicional de John Grisham. E este Tempo de Matar andava ali a marinar há algum tempo porque achava que o tema - a violação e quase morte duma criança de 10 anos por dois gandulos - demasiado chocante (o que raio se passará na cabeça de quem o faz??)

Desta vez coube ao meu filho pegar num dos livros da estante da vergonha e veio este. Tempo de Matar foi o primeiro livro que John Grisham, baseando-se na sua experiência em tribunal. Nota-se, por isso, alguma imaturidade na escrita e a necessidade de melhor construir algumas personagens. Mas percebe-se que a genialidade deste autor está ali, à espreita.

Tempo de Matar deixa-nos a pensar: e se fossemos nós? e se fosse a nossa filha a ser violada e tivéssemos uma oportunidade de matar quem o tinha feito? o que faríamos? e seriamos julgados de forma diferente consoante a cor da nossa pele?

Gosto de livros que nos fazem pensar, que nos deixam um amargo de boca. E que, ao mesmo tempo, nos deixam ver o crescimento dos autores.

A ler!

leia aqui as primeiras páginas

Classificação:

May we meet again

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conheces o meu blog generalista?

Neste momento que vivemos, precisamos de manter a calma e a prudência, de lavar e desinfectar as mãos, evitar contactos sociais, reduzindo as saídas de casa ao imprescindível e não ir a correr para os hospitais por uma unha encravada, ao primeiro sinal de febre (superior a 37,5) ou tosse. São tempos difíceis mas só unidos e tendo em atenção as recomendações oficiais, podemos sair disto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Maio 2020

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31