Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tenho um Kobo... e agora?

por Magda L Pais, em 15.01.19

49949285_2196016003972002_7615871472812163072_n.jp

No seguimento das minhas dúvidas, acabei por optar por comprar um Kobo Forma. À prova de água, 8 '' de dimensão de ecrã, 11 tipos de letras diferentes e mais de 50 estilos de letra, 14 formatos de ficheiro suportados por defeito (EPUB, EPUB3, PDF, MOBI, JPEG, GIF, PNG, BMP, TIFF, TXT, HTML, RTF, CBZ, CBR), 8Gb de memória, e o mais importante de tudo... pesa menos de 250 gramas, com a capa já colocada. Bastante menos que um livro físico e esta, sem dúvida, foi a razão que pesou na decisão.

É claro que, apesar de ter um Kobo e de estar a ler ebooks (chegou à menos duma semana e já li um ebook e tenho outro a mais de meio), continuo a ter a mesma opinião. A história está lá toda, é claro que sim. Mas um livro é muito mais que a história: é também o papel, o cheiro, o peso, o manuseamento, o virar a página.

Há imensas coisas que faltam num ebook e, por isso, por mais que reconheça que a leitura não é tão má como pensava (a luminosidade e definição do ecran do kobo imita muito bem o papel), não estou rendida nem vendida aos livros digitais.

Mas também lhe reconheço algumas virtudes: quando acabo de ler um livro ou não gosto daquele que comecei, tenho vários disponíveis; não pesa nas costas; quando não me consigo sentar no comboio, consigo ler bem em pé; consigo saber a percentagem que já li e a que falta para acabar; e o preço dos e-books é consideravelmente mais baixo.

Falando de preços... Nunca mais compro livros na Wook. Estou de relações cortadas com eles, quer nos livros quer nos e-books, por causa destes últimos. Senhores da Wook, o que vocês fazem é desonesto para ser simpática. Então compramos os e-books - ao mesmo preço que nas outras livrarias on-line - e não podemos dispor deles no nosso Kobo ou outro dispositivo semelhante? Que sentido faz comprar um e-book e só o poder ler quando se acede ao vosso site, sendo obrigatório haver um browser e um acesso à internet? que obrigatoriedade é esta de ter de estar ligado à net para ler um e-book? Ainda se o preço fosse bastante mais baixo que noutros lados, ainda compreenderia. Agora com o mesmo preço... mais vale comprar na Bertrand e ficar com o livro para mim do que comprar na Wook e ele continuar propriedade do site e não minha.

Descobri ainda duas coisas curiosas neste processo:

1. a Mediamarket não actualiza o seu site há quase dois anos... só assim se entende que ainda tenha (ou tinha na semana passada) Kobos à venda no site que depois, quando vamos a uma loja, nos dizem que não os vendem há quase dois anos. 

2. Os e-books também esgotam... (ok, pode ter a ver com os direitos de autor mas mesmo assim... não me parece que faça muito sentido).

Volto a dizer, não estou rendida. Na realidade estou vencida mas não convencida. Mas como posso continuar a ler livros em casa, menos mal.

May we meet again

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?


53 comentários

De Samantha Em Chamas a 09.09.2019

Tive agora uma situação... absurda, com a wook. Ontem comprei um livro digital que andava ansiosa por ler há tempos. E vê lá, andei a fazer pesquisas sobre preços e editoras para aproveitar alguma promoção e para fazer a compra de forma sensata pois era a primeira vez que estava a comprar uma versão digital. Decidi-me pela wook. Hoje recebo o e-mail de confirmação e quando acedo à área de cliente... não está lá. Quero dizer, ele está... mas só é possível ler no browser/aplicação deles. ??? E então pesquisei. Vim parar aqui... e vi várias outras queixas espalhadas por blogs, portal da queixa, etc... Epá. É desonesto, é. Mas sabes o que é mais desonesto, na minha opinião? É a indução em erro ao longo do processo de pesquisa, compra e "envio" do livro. Pensei eu que tivesse me enganado... olha, é chato, acontece. Mas não sou a única induzida em erro. E quando há várias queixas sobre a mesma situação e uma entidade não altera o processo ou a informação no processo de forma a ser clara e, com isso, decide lucrar com base nos erros que ela mesmo induziu a clientes, é mais do que desonesto: é deplorável, mesmo. 
Todo o processo indica que os livros TAMBÉM podem ser lidos na kobo - não diz que OU é na kobo OU é no browser deles. Durante o envio, diz também que será enviado em "download". E uma data de outras coisas que pesquisei antes de fazer a comprar pois, como disse, andei a informar-me em várias editoras e plataformas antes de adquirir o livro. Por acaso este foi um preço mais simpático (6 euros). Quase que ia comprando um de 15. Mas nem que fosse 1 cêntimo: não se faz. E se continua a acontecer, é porque é propositado. Bela maneira de perderem clientes... claramente não sou apenas eu gata pingada. Argh.

De Samantha Em Chamas a 09.09.2019

Ah, para não falar da questão da internet, como referiste... e pior, na minha perspectiva, que é a questão da saúde ocular: se fosse bom ler livros no telemóvel com aquela luz desgraçada, certamente não existiriam ebooks. Enfim. 

De Magda L Pais a 09.09.2019


Eu deixei de comprar na Wook precisamente por causa disso. Nem livros físicos compro lá. ainda se pagasse mos menos do que se paga noutras livrarias, ainda dava de barato. Agora pelo menos preço? Para isso compro na Bertrand ou na própria loja da Kobo.


Não consigo perceber como é que eles continuam a fazer estas vendas a enganar as pessoas...

De Anónimo a 27.11.2019

Ola.
       Será que depois de comprar um ebook pela Bertrand e usando o Adobe Digital Editions, é possível guarda-lo numa pen ou pc ?
Obrigado 

De Anónimo a 13.10.2020

Com a pandemia comprei um Kobo e estou viciada.
Faco as compras pelo telem que está sincronizado com o Kobo, pago com paypal, quando e onde quiser.
É pequeno, bastante portatil e o vicio das  redes sociais pela facilidade de acesso  passaram à leitura no kobo.
Recomendo!

De Margarida a 26.01.2021

Para mim uma grande vantagem dos e-book é poder levar vários numa viagem (nem que seja casa/trabalho) e poder ler o género que me apetecer no momento. Mas também ainda não dispenso um livro em papel. No Kindle podemos sublinhar e escrever notas. Podemos comprar livros na Kobo e lê-los no Kindle? Obrigada!

De Nat Oliveira a 17.02.2021

Não estou saber como o utizar meu kobo libra é só tem um dia, é tão sensível, ela tbm trava toda hora, os livro parece que só encontramos na biblioteca da kobo e temos que pagar a tudo. Não consigo ter livros uma grátis. Alguém pra me ajudar a compreender este minisculo livro digital. Ouvi falar tão bem dele que me sinto decepcionada por comprar. 

De Magda L Pais a 17.02.2021


tens de usar o Kobo como se fosse uma pen. Ligas ao computador e consegues, dessa forma, copiar os livros para leres no Kobo.
aqui - https://stoneartbooks.blogs.sapo.pt/tag/kobo - tens vários sites onde podes encontrar livros gratuitos


quanto ao bloquear muitas vezes, não te consigo ajudar...

De Bida a 13.12.2021

Olá,
Ando a ponderar comprar um kobo mas antes queria perguntar se me podem ajudar, é possivel "emprestar" livros nossos a alguém nestes formatos digitais?
Agradeço imenso a ajuda que possam dar

Comentar post


Pág. 2/2




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Janeiro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031