Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma ideia idiota

por Magda L Pais, em 13.06.19

No outro dia fomos ao Ikea. Nem sequer íamos com intenção de comprar coisa alguma, na realidade íamos apenas servir de transportadora para que uma amiga nossa fizesse algumas compras. E como ela sabia exactamente ao que ia, optamos por entrar logo pela zona das utilidades, mais perto das caixas e assim poupar-nos ao passeio interminável pelos móveis.

Infelizmente acabamos por ter de percorrer quase toda a zona das utilidades porque as coisas que a Joana queria estavam muito perto dos móveis e portanto passamos perto das molduras. E eu fiquei logo ali, parada a olhar para uma ideia brilhante que estava exposta. A moldura usada era esta:

ribba.jpg

mas lá dentro, em vez de fotografias, estava um livro, aberto ao meio. Estão mesmo a ver o que aconteceu, não é? pois, comprei logo quatro molduras e comecei a magicar que livros colocaria.

E ai começou o problema. A moldura tem 23cm*23cm com 4,5 cm de espessura. Ora para colocar um livro aberto ele teria de ter, no máximo 10 ou 11 cm de altura/largura para que, aberto, chegasse aos 23 cm. E a espessura não podia ultrapassar os 8 cm de maneira que, aberto ao meio, tivesse os 4,5 cm de máximo permitido pela moldura. Juntava-se ainda outro problema. Se as páginas apenas tivessem letras, ficaria muito monótono, pelo que queríamos utilizar o mesmo esquema que o Ikea, na loja: as páginas a ficar à vista teriam de ser ilustradas. Nada mas mesmo nada fácil encontrar livros com estas características.

Até que o meu marido teve uma ideia brilhante: e se, em vez de abrir o livro, se colocássemos o livro fechado, ficando apenas a capa à vista?

E lá fui eu até à Bertrand para escolher os livros (sim, podia ter usado os livros que lá tenho em casa. Mas e se depois os quisesse voltar a ler?). Daqui um agradecimento especial aos empregados da Bertrand do Fórum Almada que não acharam nada estranho que lhes pedisse sugestões de livros com capas bonitas, com 23*23 cm de altura e largura e com 4,5 cm de espessura. Certamente que, na história de pedidos estranhos numa livraria, este meu pedido está lá no topo...

Vou-vos poupar aos pormenores da escolha, dizendo-vos apenas que alguns dos livros que eu queria mesmo colocar na moldura (A Sombra do Vento ou A Livraria dos Finais Felizes por exemplo) não tinham o tamanho adequado.

Terminado o processo de escolha dos livros (tendo em consideração a capa mas também a importância do livro para mim e para a minha gaiata - no caso do Harry Potter - e da mensagem que a sua leitura transmite - nos outros casos), foi colocá-los nas molduras e pendurar na parede. Aqui está o resultado final

QuaLivro.jpg

Digam lá que não fica simplesmente maravilhoso?

May we meet again

Entretanto...

Conheces o meu blog generalista?

Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

De Patrícia Lobo a 14.06.2019 às 10:06

Que ideia genial! Acho que vou começar a magicar coisas destas para a minha casa.
Algo que também já tenho em mente, mas ainda não arranjei molduras para tal, é colocar vinis (as capas) pendurados por cima da minha cama. Acho que fica mesmo giro!

De Magda L Pais a 14.06.2019 às 14:38

Olha que também deve ficar bem sim senhora..

De Maria Araújo a 14.06.2019 às 12:54

Tinha visto no instagram, achei muito interessante,já pensei copiar a ideia.
Estas  ficaram muito bem.

De Magda L Pais a 14.06.2019 às 14:39

É copiar e depois mostrares que tenho curiosidade em ver

De - a 14.06.2019 às 13:04

Uma ideia idiota? Nah, nah...está genial! Para quem ama livros é sempre bom acháramos estas pequenas coisas que transformamos em grandes ideias...especialmente grandes livros!

De Magda L Pais a 14.06.2019 às 14:40

Uma ideia idiota (idiota de quem tem ideias ahahahahha)
Acho que ficou lindamente sim. E até estou a pensar por mais 4 molduras com outros tantos livros 

De Maria Araújo a 14.06.2019 às 16:22

Não vai ser para já.
Tenho uma semana para descansar( com o sobrinho neto ninguém descansa), estou de viagem para Lisboa e depois Algarve...e levo os livroS do desafio de leitura.
Beijinhos

De Pequeno caso sério a 14.06.2019 às 18:56

Agora...
Agora que já escavaquei a parede da sala para colocar molduras com pinturas das viagens é que tu me apareces com esta ideia Magda Maria?! Humf!


#dordecornopornaosaberdistomaiscedo

De Magda L Pais a 14.06.2019 às 19:08

Ahahahahah acredita que eu própria gostava de ter tido esta ideia antes

De Anónimo a 14.06.2019 às 22:41

É o que eu chamo de gastar dinheiro em inutilidades. Esperemos que o sr. lá da casa tenha um bom ordenado porque já percebemos que para o gastar em inutilidades não precisa ele de se preocupar.

De Magda L Pais a 14.06.2019 às 22:46

Não se preocupe com os nossos ordenados ou como é que os gastamos. Não me parece que tenha alguma coisa a ver com isso.

De Sarin a 15.06.2019 às 12:02

Tem toda a razão: se tempo é dinheiro e se alguém paga o seu acesso à internet e o equipamento que usa para tal, nem que sejam as crianças que trabalham nas minas onde extraem os metais indispensáveis a este seu momento, o seu comentário é, de facto, uma muito inútil maneira de gastar dinheiro.


Claro que poderia apontar-lhe o machismo que luz em tal inutilidade, ou a imbecilidade dos pressupostos sobre vida alheia, mas aí estaria eu a gastar dinheiro em inutilidades.

De Sarin a 15.06.2019 às 12:10

Bonito, o resultado, Magda.
Não percebo se têm vidro, mas gosto de pensar que se pode folhear o livro assim em exibição :)


Cheguei a ter revistas penduradas por molas em cordéis esticados na parede - soluções de decoração (e arrumação em espaços exíguos) em tempos de estudante pré-Ikea q.b. :))

De Magda L Pais a 15.06.2019 às 13:07

Neste caso tem mesmo vidro. Daí ter comprado os livros de propósito para os colocar na moldura. Assim quando me apetecer folhear posso ir à estante buscar 

De Anónimo a 15.06.2019 às 12:16

De certa forma não posso deixar de concordar com a critica, onde está a piada de colocar livros dentro de molduras ? Ainda por cima livros fechados quando era suposto estarem abertos, mas eu entendo-a, num impulso comprou inutilidades sem reflectir que os livros poderiam não lá caber, mas como o estrago estava feito e como não queria de imediato jogar euros ao lixo (é uma questão de tempo até lá irem parar) teve a genial ideia de colocar lá livros fechados. Que bom, o ego ficou um pouquinho menos abalado foi um desperdício mas o inútil investimento vai-se diluir um pouco no tempo… se tivesse que jogar já as inutilidades no lixo ia doer muito, assim engana-se a si própria arranjando uma utilidade inútil para um má compra. 

De Magda L Pais a 15.06.2019 às 13:05

E veja lá que até estou a pensar ir comprar mais 4 molduras para por mais 4 livros comprados de propósito para o efeito, tal como comprei estes. Gosto mesmo é de gastar dinheiro em inutilidades (para si) que me dão prazer ter na minha casa e que comprei com o meu dinheiro e não com o seu

De Alexandra a 15.06.2019 às 14:22

Isto realmente! Como te atreves a gastar o TEU dinheiro para comprar coisas que TU gostas para decorar a TUA casa?
É de um descaramento... 

De Magda L Pais a 15.06.2019 às 19:43

Sou uma descarada realmente... Má Magda.. Má Magda 

De Alexandra a 15.06.2019 às 19:48

E não contente com tamanho descaramento ainda vens contar isdo no TEU blog!
(pronto, era só isto) 

De Magda L Pais a 15.06.2019 às 19:50

Indecente!!!! 

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

calendário

Junho 2019

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30